What if...


E se a gente abrisse uma passagem secreta no azul daquele céu e escapasse de fininho pra uma tarde de nós duas? Se a gente fugisse em nossas bikes, que tal?

E se a gente pegasse água, biscoito e chocolate, e fingisse um banquete na grama, com brindes de uma aventurinha só nossa?

E se a gente soubesse os segredos do parquinho, os melhores cantinhos, as curvas mais legais?






E se o tempo parasse na nossa tarde?


(Spoiler: não vai parar, amor. O tempo pedala mais do que a gente, vai vendo. Mas tomara que você sempre tenha a alegria em seu caminho. E que nunca nunca nunca perca o mapa para a fonte desse seu sorriso. Faz favor, né. Sua linda.)


3 comentários:

Anônimo disse...

Um poema este seu post, Rita! Coisa boa de ler e ver essas carinhas tão lindas e felizes, parabéns! Tudo de bom pra vocês, sempre! Grande abraço. Hilda

BethS disse...

oinhnnn...
que texto lindo, que meninas lindas, vocês duas...
que esse clima dure para sempre!
muito amor.
beijo...

Clara Lopez disse...

Que nenhuma das duas perca caminho algum, menos ainda o dos sorrisos lindos.
abraço,
vera

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }