Scream


"I was walking along the road with two friends -
the sun was setting - 
I felt a sort of breath of sadness - 
The sky suddenly turned blood-red - 
I stopped, leaned against the fence, deadly tired - 
looked out over the flaming clouds, like blood and swords
above the bluish-black fjords and the city - 
My friends walked on - I stood there quaking with angst - 
And I felt as though a vast endless scream hang through nature."


Edvard Munch 
(no capítulo "Written texts by Munch related to Scream", 
em The Scream, Munch Museum - Ed. Vigmostad Bjorke)
(Thanks, Lili.)

2 comentários:

BethS disse...

Li uma entrevista de uma historiadora da arte, de nome Sue Pridaux, que disse ter conseguido identificar a paisagem desse quadro. Segundo ela, as montanhas vistas ao fundo seriam em Kristiania, conhecida hoje como Oslo. O observador estaria em Ekeberg, onde ficava o hospital psiquiátrico em que a irmã mais nova do artista, Laura, teria ficado internada sob o diagnóstico de esquizofrenia.
Perto do local, havia também um matadouro. Segundo a historiadora, os gritos dos animais na hora da morte, combinados com o dos loucos do asilo, é o que teriam motivado Munch a pintar o quadro.

Parece combinar com o depoimento dele, não é?
beijo querida...

Rita disse...

Beth, acabei de ganhar o livrinho de onde retirei a fala dele. Espero que haja nele alguma informação sobre a vida do Munch (num primeiro olhar, parece-me ser todo sobre o quadro); depois te conto se encontrar qualquer referência ao "caso" que você contou. :-)

(eu, sortuda, ganhei também uma pequena reprodução da Madonna dele; adorei)

beijos, flor

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }