Meme dos Livros - Dia 1



Um livro que é um abraço

A resposta ao primeiro dia de desafio foi instantânea: A sociedade literária e a torta de casca de batata, de Mary Ann Shaffer. A primeira coisa que fiz ao começar este pequeno post foi revisitar o que escrevi sobre esse livrinho precioso há pouco mais de um mês, quando o li. E eis que encerrei assim aquele post:


"Às vezes a literatura nos engrandece com obras que praticamente nos desnudam e nos definem. Há obras que nos divertem, há as que nos ensinam e revelam tanto. E há os pequenos abraços, que podem vir em formato de um livrinho que mais parece uma caixinha de cartas velhas. Às vezes, é só deles que precisamos." 

Porque foi mesmo assim que me senti lendo as cartas, telegramas e bilhetes que compõem a história de Sociedade Literária, abraçada. Um livro carinhoso sobre a guerra, com foco no que não sucumbiu ao terror: a humanidade dos personagens, a capacidade de enxergar de verdade a dor do outro e em seguida transformar o olhar em afago. A capacidade de entender o significado da ausência, das perdas. Sociedade é um livro sobre uma ilha ocupada pelos nazistas e sobre alguns habitantes dessa ilha, ocupados pelo amor ao próximo. Uma história sobre a descoberta da literatura, também, mas muito mais do que isso, sobre a descoberta do poder da empatia. 

Para ler como quem corria para o portão, recebia aquela carta tão esperada e, finda a leitura, fechava os olhos e apertava o papel junto ao peito, num abraço de corpo e palavras.

1 comentários:

Luciana Nepomuceno disse...

Olha, vocês ainda vão me fazer ler esse livro. Adorei o post e estou adorando o meme.

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }