Dia dela


Se minha mãe estivesse viva, hoje completaria 75 anos. Não quero imaginá-la cansada e desanimada como esteve em seus últimos tempos, mas falante e ativa como foi em outras eras. Hoje ela me diria ao telefone algo como volta logo dessa ilha, pelamodedeus. Eu diria feliz aniversário, mãe. Ela diria obrigada, volte logo. Eu diria é lindo aqui, ela diria vem embora. Eu seguiria festejando o mundo, ela seguiria enfatizando seus amores e receios de perdê-los. O vento sopra forte aqui, as palmeiras dançam diante de um mar tão lindo. Eu ouço os ventos daqui de dentro soprando "Berna" e repito que é tudo tão bonito, mãe. Tão bonito ter vindo pra esse mundo de mãos dadas com você.

San Andrés, CO, 03/07/2015

0 comentários:

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }