Asas


Minha filha tem asas, voa na maior parte do tempo.

Adoro seus passarinhos de asas compridas.




E a libélula...

... e o passarinho copiados a mão livre observando o dicionários ilustrado.

E seu jeitinho de sempre incluir um passarinho.

Quando eu disse que amei a crisálida e borboleta, ela me corrigiu: 
- Nãããão, mãe, é um Pokemon. Um Pokemon que vira borboleta. 

Cada vaso de flor de nossa casa já ganhou sua versão em lápis de cor.


Mas também gosto de seus desenhos mais... hidráulicos?


E adoro esse que classifiquei como "engenharia com poesia".


Digitalizar ou fotografar os riscos e rabiscos das crianças é uma ótima maneira de não perder aquilo que, cedo ou tarde, acaba indo pro lixo em sacolas de papel velho. Esse caderno da Amanda certamente ainda terá vida longa; se em algum dia não passar pelo crivo de alguma faxina, as asas serão salvas por aqui e pelas pastas virtuais de nossos HDs. E nem é por nada, não se trata de valor artístico de qualquer naipe: é só pelo olhar dela enquanto desenha, voando; é pela caminhada, tão linda.

***

Ontem Amanda pediu a deus que o trânsito ficasse um pouco melhor, porque aquela fila toda iria atrasar sua chegada na festa da amiga: "ai, deus, não deixa esse trânsito me atrasaaaaar". Era o caos em forma de lerdeza, filas longas demais, mesmo levando em conta o horário já normalmente complicado. No auge do meu mau humor, fui sincera: "Ai, Amanda, acho que se um deus com poder para mudar esse trânsito estivesse vendo isso faria o trânsito sumir, puf, de uma vez. Trânsito ruim é um monte de gente indo para o mesmo lado na mesma hora, só isso." Hehehe, minhas amigas a quem contei o episódio me censuraram carinhosamente "ai, Rita, tadiiiiinha, deixa ela sonhar um pouco". Bom, eu deixo. Mas a interferência de um deus no trânsito não entra nessa categoria, né. (E ela sabe, no fundo, que pode acreditar no que quiser - ora, e como seria diferente?) Ela sonha. E eu alimento, podem apostar. :-)

0 comentários:

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }