Mamãe já dizia que sou teimosa


Toda uma legião de amigos clamando que será mais um cabide. Que em pouco tempo ela ostentará toalhas e camisetas à espera do caminho mágico rumo ao cesto de roupas. Que todo mundo conhece alguém que um dia acreditou que seria diferente. Que há tantas outras maneiras mais interessantes de se jogar dinheiro fora. 

Dou de ombros.

Ponho um par de tênis, cato minha garrafinha d'água na geladeira, um livro e/ou um par de fones de ouvido, e vou pra sacada. Sedentária é a vovozinha.

Comprei uma bicicleta ergométrica. Anotem aí e me cobrem depois, okay? Matei com um só golpe todas as desculpas, as boas e as esfarrapadas: o trânsito desanima, detesto academia, todos os horários das aulas de yoga da cidade são ruins pra mim, meu bairro tem muitas ladeiras, não gosto de correr, não tenho saco pra aula de natação, não não não. Acabou. A bike tá na sacada, a dois passos da cama. Tá, quatro passos. Vou lá, firme e forte.

Menos nas noites muito quentes, por causa das baratas voadoras. Aí também já é muito amor pelo esporte e cês sabem que num sou dessas.

3 comentários:

simplesmentefluir disse...

Parabéns, Rita! Força e alegria pra você. Abraços.

Lud disse...

Bicicleta ergométrica é ótima! Tenho certeza que a sua não vai servir de cabide, Rita. Eu tive por anos e fazia direitinho, todo dia. Além de ler livros e revistas, eu também via filmes enquanto estava pedalando.
Beijos e boas pedaladas!

Ana disse...

Na minha humilde opinião, para dar certo (e para mim dá há uns 5 anos), é preciso que o lugar seja agradável,com boa temperatura, na frente de uma tevê, onde podemos ver besteiras, filmes, séries, etc.
Não me importo que estrague um tanto a estética do local, minha saúde é mais importante>
Parabéns, Rita, pela teimosia! E boa sorte!

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }