Pequenos chiliques de olho no farol


Ainda que a segunda parte do livro se chame O tempo passa (e, portanto, novidades no enredo sejam naturalmente esperadas), não antecipei o que viria na metade final de Ao Farol. Quando cheguei ao capítulo IV dessa fase do livro, um pensamento me ocorreu: de que natureza teria sido a relação que a tradutora travou com o texto de Woolf para tecer essas duas pequenas páginas tão... lindas? Não que se trate de algo avassalador; falo daquela beleza miúda que perpassa as frases de um texto quase musical, daquelas descrições cheias de delicadeza que nos levam a assistir, enquanto lemos, ao quadro se formar cheio de cor à nossa frente. 

E então me lembrei que a Denise havia compartilhado no Facebook o blog que ela manteve enquanto traduzia To the Lighthouse. Corri lá (repleto de spoilers, não vá se isso incomoda você; de minha parte, fiquei feliz por não ter acessado o blog antes de chegar à segunda parte do livro). Tive pequenos chiliques ao ver que Denise destacou trechos dos terceiro e quinto capítulos de Time passes, mas não do quarto, daquele que acabara de me deixar meio inebriada. :-) Não esperava nenhuma revelação surpreendente; foi tão somente um daqueles momentos solitários de leitora, quando queremos ter alguém ao nosso lado para cutucar e dizer "escuta isso, que lindo!". Ou queria, talvez, ver no blog da Denise exaltações àquelas duas páginas para que eu pudesse falar, ainda que sozinha, "I know, I know!". 

Corri os olhos pelas postagens e voltei às páginas em minhas mãos. Avancei degustando devagar e com cuidado as frases que descrevem os estampidos abafados da guerra perturbando o silêncio daquela casa. Reli alguns capítulos com medo de que o tom do livro mudasse. Fiquei ali, feliz.

Este post é um oferecimento da minha, da sua, da nossa empresa Leitores Deslumbrados Corporation.

1 comentários:

Anônimo disse...

Não conheço essa tradução, mas acho esse livro da VW muito intensamente belo. Seus contos me chegaram, obrigadíssima, assim que a vida se acalmar terei prazer em conhecê-lo. Bjo, Clara

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }