Um tio Flor


Uma das coisas boas da infância é, certamente, picolé. Mas há também o gibi, o momento de colar a figurinha no álbum e a visita do tio que conta piadas. Eu tive um tio engraçado, que não era bom em contar piadas, exatamente, mas era bom em fazer rir mesmo assim. Não que sempre falasse coisas engraçadas, ele simplesmente sorria e contagiava, parecia enxergar seu mundo com leveza; ou, ao menos, parecia querer enxergar assim. Falava com voz muito grave e antecipava a risada com um olhar meio atravessado, enquanto comprimia os lábios para daqui a pouco liberar o riso frouxo. Bom, é essa a marca que guardo dele. Há a tia carinhosa da voz linda, havia minha Tia Maria do melhor abraço e de tanto mais, há muitos tipos de tios nessas famílias grandes e espalhadas. 

Meu tio engraçado se foi ontem. Certamente era mais do que isso, mesmo pra mim, sobrinha distante. Era também carinhoso, gentil, bom de conversa. Sempre o achei fisicamente muito parecido com meu pai, embora tivessem personalidades tão distintas: onde um era silêncio, o outro era o papo rolando fácil. Minha tia me falou hoje que ele andava triste nos últimos dias, aparentemente a última consulta médica não tinha sido animadora. Vou tentar não fixar essa imagem; ao invés disso, quero me lembrar sempre de sua voz de Nelson Gonçalves, em sua fala rápida intercalada por risadas. Vou guardar na lembrança seu abraço forte e carinhoso, de um carinho que me fazia bem lá na infância. Suas visitas eram relativamente raras, mas sempre barulhentas e divertidas. Era sempre bom, como picolé e gibi.

Que foi de risos nossa amizade, tio Paulo Flor. Obrigada por isso.

5 comentários:

Tina Lopes disse...

<3

Iara disse...

<3 daqui também

simplesmentefluir disse...

<3

Angela disse...

Rita sinto muito sobre a noticia. Esses sao dias de mais lembrancas e reflexoes ainda mais profundas. Que bela homenagem para ele aqui. Um abracao para voce e a familia.

Camila disse...

Um tio com voz de Nelson Gonçalves só pode mesmo ser tão bom quanto picolé e gibi <3 Um beijo, querida :*

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }