Mar e gaveta


Um pouco cansada de nadar na superfície, queria um futuro de profundezas. Vou vasculhar minhas gavetas velhas, quem sabe guardei um cilindro de ar dos tempos em que achava bonito não saber o que seria quando crescesse.

***

Estou lendo uma biografia escrita por alguém com uma experiência de vida tão radicalmente diferente da minha que quase tudo é aprendizado. Gosto desse deslocamento forçado, ainda que seja efêmero e dure o tempo das viradas de páginas. Alguma coisa fica depois que fecho o livro, sempre. Por ora, eis o que fica: a beleza de sermos, a um só tempo, minúsculos e enormes. Eis outra coisa que fica: deriva. O mundo é um lugar louquíssimo.

***

Se você ralar cenoura e beterraba, refogá-las no azeite e misturá-las ao arroz já cozido terá um arroz colorido e muito saboroso. Acrescente brócolis de vez em quando e coma arco-íris no almoço. 

***

O maior medo é encontrar o cilindro de ar e guardá-lo de volta. Acho que encolhi.

***

Temos um imóvel à venda, um apartamento de dois quartos, montado, mobiliado, equipado, arejado. Sou tão ruim de negócios que se alguém me pergunta "como é o apartamento?", respondo "é bem lindinho". Devo ser pior do que um corretor que certa vez alegou ser o melhor corretor do mundo. Exatamente assim. O melhor do mundo. Foi até nossa casa, conversou durante umas duas horas com a gente, tomou café e se prontificou a encontrar exatamente o imóvel que procurávamos. Nunca ligou. Nunca, nem uma vez, nem que fosse pra dizer "tá difícil". Mas eu tô falando a verdade, o apartamento é bem lindinho.

***

E há aquele outro aprendizado, que vem do que está do lado, ao alcance da mão. Ter filhos. E eu ainda me meto a abrir gavetas, vejam vocês.

***

- Mãe, o que é "agrônomo"?
- [Explicação quadrada.]
- Hum. Vou ser isso aí quando crescer.
- Beleza.
- Não, mudei de ideia. [suspiro] Tem tanta coisa legal pra se fazer na vida, né?

A gaveta infinita das crianças.  


4 comentários:

Anônimo disse...

Eh, trem bom de ler! Tá ficando fera, anil :-):-)
Bjo, clara

simplesmentefluir disse...

Muito bom de ler, mesmo!!Amei as reflexões! Bjus, Hilda

K disse...

Jujuba aos 11 ainda sonha ser super heroi. Sempre pergunto pelo plano B e esse muda todo dia: cientista, zelador(não precisa estudar muito, de acordo com ele), dono de jornal como o cara dono do Clarim Diario onde Peter Clark trabalha, arqueologo como o Indiana Jones e outros dos quais nao me lembro agora.

Anônimo disse...

Oi,
o ap é aquele do seu aniversário hiper especial ano passado??
Bjs,
Ju

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }