Em outros mundos


(Juro que vou tentar não falar mais do que devo.)

Fechei a boca com uma das mãos para conter o quase grito de "nãão!". Depois fechei os olhos e balancei a cabeça, não podia ser verdade. Abri os olhos e olhei de novo. Era. Abaixei a cabeça e apoiei a testa sobre a mesa, arrasada. Suspirando, voltei a me sentar com a coluna ereta, fechei os olhos novamente, abri, levei uma mão à boca mais uma vez. Estupefata. Abandonei aquilo, dei uns passos pela sala, espiei a janela. Que pena, que pena, eu pensava. Voltei a me sentar e senti as lagriminhas se assanhando. Sequei os olhos, torci a boca com aquela expressão que a gente faz quando nada nos resta a não ser encarar a decepção. Resignada e ao mesmo tempo com raiva, voltei a abrir o livro e continuar a leitura. Ainda resta muita história pela frente.

O terceiro livro das Crônicas de Gelo e Fogo tá acabando comigo.

Ulisses, que já passou por aí, tentou me consolar, sem spoilers. À medida que avanço na história, ele se sente livre para comentar os fatos comigo. Hoje me disse que chegou a ter pena de algumas expectativas que criei, tamanha a reviravolta no enredo. Mas sou forte, né. Vamos em frente. 

***

"Através da neblina da chuva, os castelos pareciam assustadores e misteriosos, como algo saído de uma das histórias da Velha Ama, mas não eram Winterfell." 

6 comentários:

Deh disse...

Ahaha cê num viu nada.

Rita disse...

Ai, Deh, que difííííícil.. Ontem fiquei inconsolável, cê viu, né. Humpf.

Bj

Tales Gubes disse...

Eu fiquei mais ou menos assim lá pra perto do fim do terceiro livro. E agora estou sem o livro pra continuar, pensa no drama!

Anônimo disse...

E voce quase acaba comigo com as primeiras frases do seu post. Depois sorri aliviada... hihi.
Beijos,
Ju

Luciana Nepomuceno disse...

O problema é esse inverno sempre chegando, sempre chegando. Dói tudo.

Tina Lopes disse...

Lembro de minha mãe, lendo, e fazendo o mesmo drama, hahahaahah

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }