Um pé lá, outro cá


(Post classe média sofre, para exercitar.)

Na semana passada enfrentamos dias de falta d'água. O problema atingiu vários bairros da região onde moro e, segundo informações hesitantes da empresa responsável pelo abastecimento, o problema ocorreu porque as bombas estavam operando em baixa pressão devido ao alto consumo. Não sei se entendi bem essa explicação, mas ela me parece preocupante. A julgar pela quantidade de prédios que se erguem por todos os lados nessa cidade, o consumo deve ficar cada vez mais alto. Como planejamento não parece ser o forte de nossas políticas públicas, ninguém precisa de bola de cristal para prever vários verões secos nos anos que virão. O transtorno foi o de sempre nessas circunstâncias: roupa acumulada, louça empilhada, banhos alternativos e muito mau humor. Nós chegamos a lançar mão de um carro-pipa que nos salvou por um dia antes que a água voltasse a sair preguiçosa pelas torneiras. Janeiro, seja bonzinho.

Enquanto janeiro não vem, dezembro nos levará para o lado de lá do oceano. Se o mundo não acabar, voltaremos a tempo de passar o Natal aqui que, espero, seja com água nas torneiras e disposição para organizar a casa que estará um bagunça. Nós teremos alguém dentro dela durante nossa viagem para cuidar da segurança, dos cachorros, do peixe e das formigas, mas nada será limpo ou lavado. Então na sequência da viagem teremos um Natal corrido, malas de roupas sujas e uma casa para faxinar mal e porcamente porque tudo será feito junto com dias de trabalho, já que não terei férias entre Natal e Ano Novo. As crianças estarão de férias e não quero nem pensar que semana louca será essa. Mas aí janeiro virá com férias novamente e poderei limpar tudo direitinho outra vez, sujar tudo de novo com as crianças, almoçar sem correr. Minhas férias coincidem com as férias da Maria, que trabalha em nossa casa, então todo mundo vai brincar de casinha.

Mas estou pondo o carro na frente dos bois - ou seria o leão na frente da zebra? O ano ainda nos dará a chance de conhecer um pedacinho do continente africano. Nossas malas estão quase prontas - chinelinhos, calçados baixos e confortáveis, protetor solar e muita conversa. A expectativa é grande e torço muito para que as crianças se divirtam bastante. Se minha mãe estivesse viva, creio que não estaria gostando nada dessa história, ela que só vibrava mesmo com minhas viagens para a casa dela. De qualquer maneira, hoje cedo sonhei com ela e ela não parecia estar brava. No mundo que invento dentro de minha cabeça, tudo dá sempre certo.

Embarcamos na terça-feira, dia 11. Levaremos toda a curiosidade do mundo e muita vontade de ver bichos grandes e livres. Tento não elevar muito as expectativas das crianças porque a verdade é que não há garantia nenhuma de realmente conseguir avistar os bichões, mas como não assanhar as crianças se eu mesmo morro de vontade de ver as zebrinhas? Confesso que tenho medo dos elefantes e queria mesmo era ver girafas, mas tudo pode se resumir a mabecos e passarinhos, vão vendo. Conto com vocês para vibrarem com fotinhas desfocadas de qualquer bicho. Qualquer um, hein? Tá combinado. Até lá.  

7 comentários:

Vi disse...

Tenha uma excelente viagem!

Vi
www.bardodataverna.blogspot.com
facebook.com/vicentrix

Claudia Serey Guerrero disse...

Boa viagem e conto com vcs para viajar pelo continente africano atraves do "Estrada Anil" .. beijos, Claudia

Luciana Nepomuceno disse...

Pode contar comigo na parte da vibração com cada passinho dessa viagem. Bjs!

Silvia disse...

Boa viagem, Rita!!
Cá fico à espera de muitas fotos e textos maravilhosos, como só a Rita sabe!!
Beijinhos

Lud disse...

Ritinha,
quando cheguei na parte da viagem eu já tinha esquecido a história da falta d'água, rs. De qualquer jeito, não deixa de ser uma ótima época para viajar (já que se espera que o abastecimento se normalize na ausência de vocês).
Cruzando os dedos para vocês verem todos os bichinhos e bichões!
Beijos

Angela disse...

Boa jornada amiga. Como sempre que tudo saia tranquilo e acima de tudo, a safe return! Um grande beijo para voce e para a turma.

Alice disse...

Olá, faz um tempo esbarrei por acaso com seu blog...
seus relatos são muito doces! Estamos na expectativa e na torcida com sua viagem! Que venham muitas fotos e vocês se surpreendam positivamente com o que vão ver! abraço

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }