Pernuco


Arthur e eu andamos brincando com um jogo de tabuleiro que tem o mapa do Brasil. Amanda sempre pede para ser da minha "equipe" (a equipe somos eu e ela contra o Arthur). No estilo "café com leite", a gente dá dica pra ela poder participar da brincadeira. Ela adora e fica se achando.

Arthur: - Vai Amanda, que lugar é esse? Começa com "a" e termina com "oas". 
Amanda: - Alagoas!
Arthur: - Issoooo!
Amanda: :-)

Arthur: - Começa com "m" e termina com "ão".
Amanda: - Maranhão! :-)

Ou forçando um pouquiiinho mais:

Arthur: - Esse começa com as quatro primeiras letras de Paraná. Quer dizer, começa e termina.
Amanda: - [pensa pensa pensa...] Pará!! :-D

Ou a minha preferida:

Arthur: - Começa com "p" e termina com "uco".
Amanda: - [pensa pensa pensa, nada]
Eu ajudo: - Começa com uma parte do corpo [e aponto para a perna dela]
Amanda: - Já sei! PERNUCO!!!


4 comentários:

Cláudio José Gontijo disse...

Rita

Sou um Biólogo mineiro e um Professor aposentado. Estou reativando o Ver de Vida, dedicado, principalmente, ao meio ambiente. Disponibilizo imagens e textos a estudantes, professores e outros interessados. Visite-o e junte-se à página.

Felicidade nesta sua bela jornada.

Rogério disse...

Que delícia de relato. Acho o Arthur um pequeno cavalheiro, já que, em condições iguais de tempo, temperatura e idade, as relações são conflituosas entre as crianças. Pelo menos é o que percebo na vizinhança.
"Pernuco" é impagável. Gargalhei aqui.

Rita disse...

Oi, Rogério. Não se engane, o bicho também pega aqui de vez em quando. Mas é aquele clássico: uma hora brigam, no minuto seguinte se amam para sempre.

Bj,
Rita

Anônimo disse...

Adoro esses relatos das crincas!!! Lindos!!
Ju

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }