Rocking, falling, rolling


Ainda não dá para dizer que ela desliiiiza por aí, mas achamos que ela se saiu muito bem na primeira tentativa com seus rollers. Para mim, que duvidava se ela sequer ficaria de pé em cima daquele trambolho, foi um sucesso total. Após os primeiros tombos, ouvimos um choroso "nunca vou conseguir!"; mais tarde, "faz parte, eu tô aprendendo". E seguiu toda rosa, corajosa demais, pela estrada afora. 


 
Vai, flor.

4 comentários:

Jaquee Ribeiro disse...

E eu que nunca andei me sinto orgulhosa por ela. rs

Luciana Nepomuceno disse...

amei. ela é corajosa e linda.

Alice disse...

Nossa, lembrei de quando fui eu pela primeira vez, caí várias vezes e pensei que nunca conseguiria.

Linda, Amanda, claro que você vai conseguir! Beijos

Angela disse...

Lindoca, canda veeeer!!! Rita, da uma checada na Samantha, de Amy! Desde pequenina patina, agora aos 6 aninhos eh a maior jogadora de hockey de gelo e de rua! Essa criancada pode tudo menina... Beijao e parabens para Amandinha!

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }