High five!


Você é mais ou menos assim: 


gosta de feijão com arroz, farofa, carne, purê de batatas com cenoura, tomate picadinho, tomate grandinho, tomate-cereja, tomate. Gosta de morango também, misturado com o feijão;

gosta de banana em rodelinhas, cereal com iogurte, presunto enroladinho, leite com Nescau, maçã, ameixa, mexerica, pêra; mas nem olha para o coitado do mamão, a manga ou o abacaxi; minhas rabanadas, antes ignoradas, agora fazem sucesso com você;

você é o que chamamos de chocólatra; e sorvetólatra; e sucólatra;

você come de-va-gar;

recentemente você decidiu aceitar minha sugestão de levantar da cama quando acorda ao invés de gritar "papaaaai!"; gostei da mudança, gosto quando você chega em nosso quarto, toda grandinha e cheia de "bons dias" sonoros;

até alguns dias atrás você reclamava quando tinha que lavar o cabelo; de um dia para o outro você decidiu que lavar o cabelo é algo legal e passou a reclamar quando não precisa lavar o cabelo. Você gosta de reclamar sobre lavar ou não o cabelo; passadas as reclamações, você canta no banho, sem parar;

Você gosta de fazer poses.

você largou o balé quando descobriu que ele exigia disciplina demais; você gostava das coreografias, mas sempre sentia dores esquisitas durante o alongamento, anote aí;

você adora as aulas de natação e suas braçadas descoordenadas formam uma linda coreografia; deixemos o balé para mais tarde, ou não (eu acho que você vai gostar mesmo é do judô);

(Toda orgulhosa com o primeiro "diploma" da natação.)

você começou a ler recentemente e agora escreve bilhetes pela casa; o de hoje é para a vovó e transcrevo aqui: "quando xega ésas barbes você pode couprar ésass barbes"; então você gosta de bonecas, apesar de elas não serem, pelo menos por enquanto, suas favoritas; e eu nem saberia por onde começar a lista de suas brincadeiras favoritas, mas ela certamente incluiria mergulhar em seu mundo imaginário, que deve ser lindo e colorido, e falar por horas com seus amigos invisíveis, exatamente como eu fazia em minha infância; mas é preciso dizer que eles não são páreo para seu irmão, seu companheiro favorito de aventuras pela sala, seu parceiro tudo de bom com quem você divide sua infância, aquecendo meu coração todos os dias;


você adora vestidos. Adora. Via de regra, você se irrita quando precisa usar calças. Ou mesmo saias. Seu negócio é rodopiar com vestidos lisos ou floridos, longos ou curtos. E por isso você adora o verão, já que escapa de meus longos argumentos sobre o frio e as pernas cobertas; preciso ser justa e dizer que ultimamente você tem aceitado bem os shorts das pedaladas e até a calça do uniforme escolar em dias mais frios, mas você sempre dá uma conferida antes: "posso ir de vestido"?

você adora seu cabelo cacheado e sempre confere depois do banho, com os fios ainda úmidos, se os cachos já voltaram: você se torce toda para olhar o cabelo no espelho e às vezes fica um pouco preocupada, mas eles sempre voltam, meu amor;


você adora seus amigos, fala sempre deles e se derrete toda em carinho e suspiros; você se sente feliz no meio deles e eu acho que eles gostam muito de você; você faz "grandes amizades", acho tão lindo;

você tem uma memória incrível e se lembra de coisas de quando era bem pequena, exatamente como seu irmão; acho que todas as crianças são assim, na verdade, acho o máximo; e de vez em quando você comenta daquele passeio de quando tinha dois ou três anos. E diz que quer morar em Paris quando crescer e eu não tenho nada contra;

você nunca se esqueceu da Monalisa e sempre que alguém fala em Leonardo Da Vinci, você diz: "ele fez a Monalisa", né?"

você adora bichos, de todos os modelos e tamanhos; "ai que fofo" serve para cachorrinhos peludos e hipopótamos bocudos, besouros cascudos e formigões;

você é brava e reclamona, doce e sorridente, chorona e carinhosa, teimosa e companheira, charmosa e birrenta; tudo junto, às vezes, num espaço de dez minutos; você experimenta o mundo a partir de vários ângulos, hahaha;

você é tão linda que às vezes seu pai e eu trocamos olhares de puro encantamento; já vi lagriminhas nos olhos dele, sabe; e às vezes tudo que você faz é nos contar aquela história incrível do momento em que você viu o amigo derrubar o lanche; a história nem tem nada demais, mas algo no jeito entusiasmado com que você descreve a cena, balançando os bracinhos, arregalando os olhinhos muito azuis, movendo sua boquinha vermelha e buscando expressões muito precisas para descrever sua história, ah, Amanda, algo em você nos inebria; essa coisa que é você, sabe, essa luzinha que você tem; a gente ama muito;

Há dias você faz contagem regressiva. Chegou a hora de "encher uma mãozinha", como você diz. Cinco anos, minha flor. Cinco anos. Nessa festa tem de tudo um pouco, você sabe. Tem um pouco de susto porque o tempo passa rápido e tenho medo de não aproveitar tudo que posso com você. Tem melancolia, minha pequena, porque Vovó Berna não está vendo você crescer e se transformar nessa menina tão linda. Tem nossa alegria sem fim por festejar sua existência que torna nossas vidas tão mais ricas, festejar o privilégio de sermos seus companheiros nessa viagem incrível. E tem um dia inteirinho para você brincar e se sentir o que você realmente é, especial. No início da noite você vai poder abraçar seus amiguinhos e brincar com eles, como você tanto quer. E bem linda, de vestido e tudo.

Feliz aniversário, minha menina. Vou tomar emprestado sua declaração de amor preferida e devolver assim: sabe o quanto eu te amo? Amo você do tamanho de uma formiga que atravessou o universo dez vezes! :-)




22 comentários:

Tina Lopes disse...

ô que coisa mais linda, linda linda. Parabéns pra ela, pra todos os envolvidos ;)

Iara disse...

Ai. Eu já abracei a Amanda. Coisa linda ela pulando no meu colo. Como disse a Tina, parabéns a ela e aos demais envolvidos. Cê fez umas crianças lindas demais, hein?

Alek disse...

Lindo texto, Rita! Parabéns, Amanda!

Angela disse...

Amandinha Preciosa Cacheada Formosa
Presenteados fomos no seu aniversario com tantas fotos e descricao-declaracao singela de mae. Que seu dia tenha trazido o que ha de melhor para uma menininha de cinco. Feliz Aniversario flor!
Beijos da Tia Angela, Tio Pete, Max & Julia!
p.s.: Max ha poucos dias na hora de dormir desejou que nao desaparecemos no Triangulo das Bermudas para poder brincar novamente com voces!

Fal disse...

cincoooooooooo!!!!!!!

Claudia Serey Guerrero disse...

LIndo Rita!!! emocionei!!!!!! manda os parabens para ela de nos aqui, e Henri se lembra dela e quer que ela venha morar em Paris sim :).
Beijinhos...., Claudia

Luciana Nepomuceno disse...

Parabéns a todos os envolvidos é a melhor e mais pertinente forma de dizer o quanto vocês, juntos, encantam e fazem crer que ser feliz é possibilidade.

Amanda, querida, seu abraço é como tocar a ponta do arco-íris. Uma riqueza!

Cristiane Rangel disse...

Parabéns pra essa menina linda e pra vcs, responsáveis por ela ser quem é! feliz Aniversário Amanda! Que a vida lhe sorria todos os dias!

Ziula Sbroglio disse...

Simplesmente lindo o texto! Lindo!

Mari disse...

Parabénsbénsbéns pra Amanda!!!! ela é mesmo uma fofura: nas fotos, nas palavras da mãe dela e ao vivo!!
E uma mãozinha cheia não é pouca coisa não!! Viva!!!
parabéns pra patota toda Rita!!

bjs!

Ridjo! disse...

Adoro o jeito que você escreve, Rita! E, só para constar, a Amanda tem os seus olhos. Parabéns, Amanda pelo seu lindo dia. Cinco anos. Leio os posts de sua mãe desde que ela postou sua foto toda lambuzada quando era pequenininha. E, parabéns Rita, por Deus ter te enviado essa pessoinha tão linda, charmosa e preciosa como uma flor.

Com carinho,

Meire

Fernanda disse...

Adorei o texto!
E que menina mais linda!
Como vai ser legal pra ela ler isso quando for mais velha! Tecnologia tem dessas coisas boas :)

Alice disse...

Tão doce, Rita! Eu estou apaixonada pelos olhos puxadinhos da Amanda, ficam lindos quando ela sorrir.

E essa declaração de amor, posso pegar emprestada também? rs

Beijos

Feliz vida à vocês todos!!!

Luciana Severo disse...

Parabéns Amandinha, e saiba que essa tua luzinha ✨ilumina a todos que estão perto de ti!! Beijão minha florzinha!!💝
Rita, amei o texto!! Beijos

Anônimo disse...

Linda, linda, linda suas palavras e, mais linda ainda são as fotos de Amandinha!!! Brinque muito Amanda! Que você seja sempre alegre, feliz, cheia de vida!! Muitos beijos de tia Ju e Raquel

Silvia disse...

Muitos Parabéns para a filhota e para a mãe que escreve de maneira tão doce uma declaração de amor simplesmente maravilhosa!! Beijinhos Rita e tudo de bom!!

Janete disse...

Lindo texto Rita! Parabéns a Amanda e a vocês papais, por criarem tão bem essa florzinha.
Que ela tenha uma vida repleta de amor! Beijão à vocês.

Fabiana disse...

Invariavelmente leio seus posts sobre seus filhos pensando "Não há mãe mais amorosa e realizada com a maternidade!". Dá gosto ler você falando deles, Rita: dá gosto! : )

Rita disse...

Ah, gente, vocês me emocionam! Obrigada por tanto carinho, obrigada obrigada obrigada.

Amanda teve um dia todo cheio de coisas que ela adora: amigos, brigadeiro, brinquedos, abraços, música. E leu aqui comigo os comentários de vocês (ainda vai ler os que chegaram por último) e sorriu encantada com as palavras que a acariciavam. Obrigada de novo, vocês fizeram o dia dela ainda melhor. E o meu também.

Um beijo grande,

Rita

Anônimo disse...

A gente chora, né? Parabéns pra vcs!
Bia Francisco

Rita disse...

Óin, Bia...

Rogério disse...

Cinco anos, já?
Estou aqui me perguntando como sobrevivi, neste período de mezzo reclusão mezzo preguiça, sem o encanto e a emoção de seus textos.
Feliz aniversário atrasado à linda Amandinha.

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }