O semeador de boas lembranças


De vez em quando me pego pensando como teria sido minha infância se eu tivesse tido um pai como o Ulisses, meu marido. Filha de pai ausente e caladão, nem consigo me imaginar subindo em suas costas enquanto rolamos no tapete; ou ouvindo histórias na hora de dormir contadas em voz grave e ornadas com caras, bocas, efeitos. Minha trajetória com meu pai foi mais silenciosa e tudo ficou um pouco menos confuso depois que cresci e enxerguei algumas coisas por outros ângulos. Então tudo bem. O sentimento que me toma quando olho para o Ulisses com meus filhos e penso em minha própria infância é leve, de achar graça e pensar como é bom uma infância com pai presente, tão presente. Um pai inteiro, sem amarras. Penso nas lembranças lindas que meus filhos terão da infância daqui a alguns anos e sei que ele estará em muitas delas. E isso é muito bom. 

Ulisses recebe muitos "eu te amo", alguns sussurrados no pé do ouvido enquanto duas mãozinhas fofinhas seguram suas bochechas, outros gritados em meio a entusiasmadas brincadeiras. Ele sem dúvida sabe do espaço enorme que ocupa na vida dos pequenos dessa casa, mas a gente não se incomoda nem um pouquinho de repetir. Obrigada, meu amor. Feliz Dia dos Pais, de novo, porque você é muito merecedor dessa comemoração. 

5 comentários:

Lílian Paschoalin disse...

Owww, tão bom ser a primeira a comentar aqui hoje... Querida Rita, vocês tem um tesouro desenterrado aí, poder contar com um pai amoroso e dedicado é bem incomparável! Que Deus continue a abençoar sua família. Xero grande, lindo domingo prá vocês - e eu tô já já de saída, que hoje almoço com o meu paizinho. ULISSES, MEU IRMÃO, TE LOVE, TE LOVE! :***

Tina Lopes disse...

Oinnnn [2] essas nossas crianças são muito sortudas, né? <3

Anônimo disse...

Hoje falei para o Gomes que eu queria ter tido um pai como ele é pros meus filhos =o) Dia dos pais não é lá uma data muito confortável pra mim, mas meus filhos poderão dizer de boca cheia que o pai deles é o melhor pai do mundo.
Bia Francisco

Débora Ramos disse...

Adorei o novo layout. Tão lindo, tão sutil. Combina tanto com o que você escreve. bjs

Deh disse...

Mas que post lindo, flor. Que tenha sido bom o Dia dos Pais aí, como certamente são os dias todos!

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }