Bandidos


Amanda está gripada e adorou o sabor do remédio. 

- Mãe, quero mais remédio.
- Não pode. Remédio tem que ser na dose certinha. Se for na dose errada faz mal e é bem perigoso.

E ela, que assimilou a ideia de que bandidos são pessoas que fazem coisas erradas:

- Os bandidos tomam remédio errado, né mãe? Aí a polícia vai e dá o certinho. 


7 comentários:

Janete disse...

Adorei essa!!! Bjs.

Dária disse...

Que gracinha!

Tinha uma amiga que invetava dores de cabeça aqui em casa, só para tomar o remédio que minha mãe comprava, com gostinho de morango acho... Até que um dia a mãe dela veio aqui e avisou pra gente que ela tinha estas manias, pra não darmos remédio algum ;)

Grazi disse...

kkk essa foi boa kkk

Paulo Marreca disse...

Li de novo e ri de novo. Muito bom.

Anônimo disse...

Hihihi! Adoro essas conclusões delas! Eu fiz igual ao Paulo ai de cima, "li de novo e ri de novo". Cheiros Amandinha!
abraço,
Ju

Rita disse...

Tão sagaz minha menina, né? Adoro demais. :-)

beijos
Rita

Silvia disse...

Rita, bela resposta!! Linda!!

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }