Porta-puzzle


Comprei um quebra-cabeças de  500 peças para montar com a criançada. Seria nosso primeiro quebra-cabeças grande para montarmos juntos e precisávamos resolver um probleminha antes de começar a brincadeira: onde montar. Reservar um cantinho no chão para deixar as peças avulsas durante os dias da montagem não é uma opção viável por causa do Floquinho (contei pra vocês que praticamente não é mais necessário varrer a casa? #papatudo). A mesa da minha sala ainda é uma pequena mesa redonda dos tempos em que morávamos num apartamento, também descartada. Poderíamos montar em um dos quartos das crianças, por onde o Floquinho não circula, mas seria um estorvo todas aquelas peças espalhadas por ali dias e dias. Quando montei o grandão de 3.000 peças usei uma mesa de plástico do quintal que mantive por algum tempo numa sala que temos nos fundos da casa, mas essa sala agora tem outros móveis e não há mais espaço para a mesa. Resolvi , então, experimentar o porta-puzzle e gostei tanto que quero deixar aqui a sugestão para quem for da turma das pecinhas.



O porta-puzzle nada mais é do que um pedaço de plástico (parece uma espécie de lona fina) com uma extremidade inflável. Tudo que precisamos fazer é pedir ao marido que encha encher essa parte inflável, espalhar as peças sobre a parte que se estende plana sobre a superfície que você escolher (no nosso caso, o chão da sala ou dos quartos) e botar a mão na massa. Cansou? É só rolar a parte inflada sobre o quebra-cabeças parcialmente montado e as peças avulsas. Duvidei que tudo se manteria no lugar, mas me surpreendi: ao desenrolar o troço no dia seguinte, tudo estava perfeitamente em ordem. 

Só me lembrei de fotografar depois que estava pronto, desculpaê.

Enquanto não decido se boto ou não moldura para um dos quartos dos pequenos, vou guardando aí. Foi só enrolar...

...enrolar...

... e amarrar.

Essa foto foi tirada depois que enrolei e desenrolei, só para curtir o fato de que o troço não se desmancha, hehehe.

Montamos nosso quebra-cabeças em três "sentadas". Como escolhi uma gravura bem colorida, a montagem foi mamão com açúcar. Nosso porta-puzzle comporta quebra-cabeças de até 1.500 peças, mas há modelos maiores para quebra-cabeças de até 3.000 - pelo menos é o que diz a embalagem (compramos o da marca Grow). Se você gosta de montar quebra-cabeças grandes, recomendo. Muitas vezes adiei a brincadeira por falta de espaço para largar a coisa durante os dias/semanas/meses da montagem. Agora vou correndo providenciar o próximo. Vamos?


3 comentários:

Tina Lopes disse...

Tô chocada que o Floquinho não entra nos quartos. Sua mãe má.

Amanda disse...

Ai que delícia! Já contei pra minha mãe a novidade do porta quebra-cabeça e ela já está na fase das pesquisas. O nosso tá quase pronto e adivinha só: ele não tem 3 mil peças, ele tem 2 MIL! Gente, aquele troço é coisa do demo, aposto que eles se enganaram e enfiaram um de 8 mil ali dentro.

Anônimo disse...

Menina, vou providenciar um porta-puzzle então. Acreditas que estamos com um qubra-cabeças de 500peças (são uns peixinhos), desde dezembro e devido a mudança, etc, etc, e por não ter onde montar ainda não abrimos!? O último foi um de 150 peças, do Toy Story. Montamos e desmontamos, montamos e desmontamos. Eu estava achando que ia fazer a mesma coisa com o de 500, montar e desmontar, montar e desmontar. Não é assim não? risos
Beijos,
Ju

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }