Páscoa na Serra


Com exceção de um ou dois tweets, passei os últimos dias afastada do mundo virtual. Nada como voltar e ver que estou longe de ser a única a sair com cara de tranqueira em fotos 3x4. Alguém na caixa de comentários do post anterior sugeriu um concurso. Gostei da ideia. Como tenho absoluta certeza de que seria a grande vencedora, sugiro que o concurso se chame Grande Concurso Rita Paschoalin de Foto-Tranqueira. Eu não concorreria para dar chance a todos os participantes e premiaria o grande vencedor com um post em que sua foto 3x4 seria publicada ampliada. Que tal? Sou legal? ;-) Hihihi, morri de rir imaginando a cara de vocês nas fotos. À Ângela, que tentou me subornar, prometo que mostro minha foto em um momento social regado a vinho, bem longe da internet, qualquer dia desses.

***


E aí teve Páscoa. Não significa muita coisa pra mim, mas significa chocolate. E crianças. E, dessa vez, passeio bom. Subimos a Serra Gaúcha rumo a Canela e Gramado e gostamos tanto, mas tanto tanto tanto, que já estamos espiando o calendário à procura de novas chances de fugir pra lá outra vez. Quando fui a Gramado e Canela, há muitos anos, fui com amigos, rapidinho, em uma esticada que fizemos em um passeio a Porto Alegre. Ulisses e as crianças nunca tinham ido, então a viagem teve gostinho de primeira vez com os deslumbres que isso normalmente traz. Escolhemos um hotel em Canela indicado por umas almas boas que sigo no Twitter, convidamos uns amigos e tchau. O Arthur se esbaldou na companhia de dois amigões que estudam com ele e Amanda formou a quarta ponta do Quarteto Fantástico. Nós, pais e mães, curtimos a companhia da filharada em passeios divertidíssimos, tomamos o vinho que deu, passamos frio ou não, desbravamos o centro de Gramado com toda a coelharada do mundo por lá e nos encantamos com a beleza natural da Serra. Olha, se ainda não foi, dê seu jeito. Lindo define.


Quarteto Fantástico, aos pés da Catedral de Pedra de Canela/RS

Todo o stress de se ter 6 ou 7 anos

As fotos traduzem melhor o estado de espírito que reinou nos últimos dias, então nem vou conversar muito. Vou só dizer que errei feio na arrumação da mala e precisei comprar agasalhos para mim e as crianças (minha mala tinha saias, camisetas e sandálias; e assim cheguei em Canela 15 graus). É bem verdade que nos últimos dias as temperaturas obedeceram a previsão e tudo deu certo. Vou dizer também que Gramado tem engarrafamento de gente grande. Que erramos e comemos num péssimo Café Colonial, mas acertamos lindamente na casa de fondue, assim como acertamos na pizzaria. Que Amanda quase delirou com tanto Coelho da Páscoa espalhado pela cidade. Que a catedral de Canela iluminada à noite só renova meu amor pela arquitetura de templos e igrejas. Que as ruas das duas cidades são decoradas com tanto charme que a gente tem vontade de abraçá-las. (As seis fotos abaixo foram tiradas de dentro do carro, então não reparem na qualidade e olhem a decoração com olhos de criança. :-))









Vou dizer ainda que há por lá um Parque Temático muito bom, cujo tema é um mistério (há índios e dinossauros, homens das cavernas e sereias, duendes e bichos esquisitos), mas que isso em nada interfere na diversão porque, no final, tudo acaba em chocolate. E que descer a Serra Gaúcha em dia de sol é algo que toda pessoa de bem deveria fazer. De vez em quando. Nem que seja só para se lembrar de que o mundo é lindo. 


As flores de Gramado. Gosto mais da de casaco.






Ulisses e eu no Parque Temático Cujo Tema Não Entendemos (o parque se chama Terra Mágica, então o tema deve ser tudo que é esquisito, exótico... mágico; vamos voltar um dia para investigar melhor)


Catedral de Pedra, Canela/RS

A vista deprimente da varanda no restaurante do hotel


As duas fotos acima foram tiradas durante a descida da Serra

Não visitamos tudo, não fizemos tudo, claro. E eu nem tinha pressa, queria tudo devagar mesmo. Quero saborear aos pouquinhos, ir de vez em quando, se der. Nem é tão longe, algumas horas de viagem e lá estamos. A companhia foi excelente, as crianças adoraram e nós precisamos descobrir qual o Café Colonial correto, qual o tema do parque, se é bonito fora da Páscoa, se aquela árvore dá flor, se o inverno por lá é mesmo tão aconchegante como dizem, se os amigos vão voltar junto, se aqueles outros vão querer ir também, se...





8 comentários:

Juliana disse...

eu não me canso de me apaixonar pelo azul desses céus do sul! Gente. que azul!

Daniela disse...

O inverno é MARAVILHOSO! Estive lá em 2010 e me arrependi de ter colocado uns dias em Porto Alegre na volta da viagem pq não queria sair de lá. Ficamos em Gramado, mas o melhor passeio que fizemos foi em Canela: uma loja de velas de uma senhora alemã, com direito a música alemã de fundo, chazinho, lareira e ela uma simpatia, fazendo as velas na hora pra a gente ver o processo artesanal e original. Vc escolhe como quer a vela e ela faz pra você. Era pra ser uma visita de 30 hora e ficamos lá quase 3 horas. O nome da senhora é Astrid e não lembro o endereço, mas no ponto de informação turística de Canela foi onde nos falaram dela. Vale muito à pena.

Nilma disse...

Oi Rita muito bom ver essas carinhas sorridentes e felizes, fala para o Arthur que ele está lindo com essa janelinha.kkkk.Abração saudades de todos.

Anônimo disse...

Uau! Sua páscoa foi mesmo linda! Adorei as fotos, a flor Amanda, o sorriso das crianças, a cancelinha do Arthur... e ver você que quase nunca aparece nas fotos por aqui. Gramado, Canela, aquela região é realmente linda!
Menina, a uns dias atras não estava conseguindo acessar seu blog, estou com vários textos em atraso, vou correr e ler. Huum, que história é essa de foto 3 x 4!? Vou lá conferir.
Beijos,
Ju

Dária disse...

Eu tive em gramado tão rápido que nem considero que fui lá... Estava em um encontro de estudantes em Caxias do Sul, então fugimos apenas um dia pra conhecer Gramado e Canela... e mais um para beber em Beno Gonçalves (beber mesmo, porque aí só vismos as viniculas com degustação rsss). Enfim, corrido, serviu só para umas poucas fotos e a vontade de voltar.

Nota: e a ida daqui de Natal para Caxias do Sul foi de ônibus, imagina a aventura! =)

Luciana Nepomuceno disse...

Tudo lindo <3

(já pode sentir saudade? ou tem um limite da boa educação?)

Helena disse...

Lindas fotos! Saudade dessa região do meu Rio Grande do Sul (a bairrista, hehehe :)
Outro passeio legal são os cânions dos Aparados da Serra (Cambará), mas lá é mais aventura. Ou passar uns dias numa fazenda em São José dos Ausentes, no fim do fim do mundo, hehehe. Mas a serra catarinense é linda também, né? Nunca fiz, mas minha mãe fez uma viagem de carro por lá, as fotos são de morrer. Beijos!

Luciana Severo disse...

Que lindas as fotos!!!
Amo meu Rio Grande do Sul de paixão, mas Gramado e Canela, em especial, são demais, né!? E com a companhia de vocês, foi tudo de bom!!! Beijão.

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }