Mini



(Tenho a mania insuportável de fazer posts sobre viagens, sejam pacientes, já vou parar.) 

O minimundo de Gramado, suspeito, não deve ser dos melhores do grande mundo. A conferir, ainda não visitei outros. Seja como for, era o que tínhamos por lá e decidimos espiar. O Arthur gostou, sem muito entusiasmo. O amigo do Arthur já conhecia e se divertiu, também sem grandes alvoroços. Juntos, os dois banguelentos passaram longos minutos apreciando o trajeto do trem que circula pelas instalações que têm miniaturas interessantes - mas não deslumbrantes. Quem se esbaldou mesmo foi a Amanda. E eu, a louca da máquina fotográfica. O lugar está em reforma e parece que perdemos a maior-menor atração, um minivulcão. Não tinha vulcão, mas tinha casa de chá com garçonete fofa. Espiem só.

Amigos há quase cinco anos...






:-)


O mundo é mini, mas os ratos são enormes.





2 comentários:

Paulo Marreca disse...

Também não achei grandes coisas quando visitei muito tempo atrás. Vejo que não melhorou muito, mas as fotos ficaram ótimas. Estão parecendo tilt-shift...

Angela disse...

Eh o maior trato ver essas criancas bem e lindas!

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }