Em casa



Em dias como esse quando fico aqui mais tempo e ouço os sons que rondam nossa casa; em que ligo para seu trabalho, sob qualquer pretexto; em dias como esse em que tenho tempo de perambular pelos quartos deles, dos dois; em que vejo sua sombra nos objetos que você deixou pela sala e sinto seu cheiro pela escada; em que olho ao redor e vejo o pedacinho visível de nosso mundo e já gosto tanto; é em dias assim que aquele riso vem fácil. É quando bate aquela certeza que me preenche e me faz levitar: é com você que vou, que estou, que sou. Amo muito dias assim, mais lentos e silenciosos, quando posso rabiscar planos e já lamber os lábios porque sei que você estenderá a mão. Não é que eu precise desses dias para me lembrar de nós dois. É só que gosto de celebrar.  

3 comentários:

Anônimo disse...

Lindas palavras. Bela declaração.
Celebre. Sejam felizes sempre!
Ju

Dária disse...

Que gracinha!

Hoje também acordei romântica, mas em tons diferentes: http://menestrelinventa.wordpress.com/2012/04/18/como-um-adesivo-de-nicotina/

=)

Rita disse...

:-) Thanks.

Abçs,
Rita

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }