Patches




Assisti nesse final de semana ao filme alemão A Vida dos Outros, de F. H. von Donnersmarck. Todo mundo já viu, foi lançado em 2006 e ganhou Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. Só eu, com meus atrasos, não tinha visto. E é tão bom descobrir uma obra que nos apaixona. Melhor ainda saber que isso pode acontecer a qualquer tempo. Em determinado momento do filme, alguém dá de presente a outro alguém um livro. Para mim, uma daquelas cenas em que a gente se lembra porque gosta tanto dessa coisa chamada cinema.

***

Gosto de reescrever. De reler textos escritos há meses e que dormiam o sono necessário para que eu os veja sob nova luz. As alterações que faço dizem mais de mim que dos textos. Substituir palavras é só a ponta do iceberg. O desafio maior vem antes: redirecionar o olhar.

***

Dias nublados, contos de fadas, pés descalços. Meus filhos cantam e sambam no tapete, vou com eles. É preciso telefonar, selecionar, cobrar, reorganizar, dizer que se importa, mas procrastino. É preciso silêncio para tanta conversa em minha cabeça. Atraso leituras,  negligencio, esqueço, digo que não. Só na escrita me encontro. Palavras são meu mar, seguro por saber que posso me afundar sem me perder: mesmo quando não teço a teia que queria, o exercício me oxigena.

***

O cheiro que vem da cozinha me arranca da cadeira. Abraço você, que mexe o molho para seu manjar que nos alimenta de tantas maneiras. Enquanto abraço, digo o que você já sabe: conheço a felicidade da moça do conto.

***

Por causa das crianças, a árvore de Natal saiu da caixa. Mas é preciso comprar um novo pisca-pisca e, por enquanto, ela fica ali, sem enfeites. Achei simbólico: meus Natais nus, em dezembros melancólicos. Como se eu estivesse no hemisfério errado, há um outono em mim.


2 comentários:

Jarid Arraes disse...

Olá, Rita.

Não sei se lembra de mim, mas estou achando que sim tendo em vista as vezes que te enchi o saco via e-mail. :)

Eu voltei pra essa coisa de blog e, claro, a primeira pessoa em quem pensei foi você.

Só pra avisar que vou estar por aqui agora como antes.

Beijos.
P.S: Obrigada por tudo.

Rita disse...

Ah, Jarid, que ótima notícia!! Que bom "vê-la"! Esse blog só me deu alegrias essa semana... comentários de pessoas queridas em posts antigos, de leitores novos em posts mais antigos (todo mundo generoso, aquecendo meu coração) e agora você de volta. Humm... obrigada pela visita e boa sorte em sua nova fase "bloguística". :-D

Rita

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }