As visitas


Desde ontem minha casa vive um clima de festa. Não, não é pelas medalhas do PAN, apesar de eu ter vibrado com isso também. Começou na hora de dormir, quando Ulisses comunicou que tinha visto na árvore da calçada uma coruja. Pulos, gritos, vivas. Mas estava escuro, a lanterna sem pilha, todos para a cama. Protesto, choro. Hoje de manhã pulei da cama bem cedo e fui trabalhar, nem me lembrei da inquilina olhuda. Quando voltei, no final da manhã, vi todos os demais moradores humanos da minha casa com o queixo pro céu, no jardim. Duas corujas. Duas corujas camufladas nos troncos marrons de nossas palmeiras. Duas, que a gente decidiu ser um casal. Que amor. Não sabemos desde quando elas estão ali, mas é comum ouvirmos piados durante a madrugada que sempre acreditamos ser de algum bicho passeando do lado de lá da rua, onde há mais árvores que em nossa calçada. Agora achamos que são elas, desde sempre. Agora que "temos" duas corujas (aff, o ser humano é muito sem noção, viu; os bichos escolhem as "nossas" árvores e a gente tem a cara de pau de dizer que "tem" os bichos), estamos nos achando a família mais completa do bairro. Amanda, que ama corujas, como vocês já sabem, está quase descontrolada. O Arthur já desenhou um esquema com as árvores da calçada e uma linha pontilhada representando o trajeto de uma delas, que "ontem tava aqui, depois voou pra cá e agora tá aqui". 

Agora nosso passatempo é conferir o ipê e as palmeiras pra ver se elas estão lá. Não faço ideia de quanto tempo vão ficar (corujas se mudam muito?), se há um ninho, uma toca; se pretendem ficar pro verão, se são migratórias, vou ao google. Sei que são mestres no disfarce e isso é uma coisa muito boa, não só para a sobrevivência delas: é tão difícil distingui-las no meio dos troncos, que, na dúvida, a Amanda proclama "eu vi, tá ali, ó, eu vi os olhinhos!" e a gente acredita. Porque a gente tá adorando as visitas.    

Olhem. Acharam?


E agora?

Voilá!

E aqui, a melhor foto que consegui:



10 comentários:

Anônimo disse...

Maravilhosa!

Juliana disse...

ai, que medo!

Luciana Nepomuceno disse...

O Samuel "criou" uma largatixa. E amei como elas "posaram" pra foto, ficaram linds maquiadas de rosa ;-)

Angela disse...

Que corujinha tao fofa e simpatica!!!! Me apaixonei. Parece ate uma gatinha e se pudesse dava beijinhos. Eu nunca tinha visto uma coisinha tao linda assim e fui procurar para ver que tipo era. Achei aqui: http://www.owlpages.com/image.php?image=species-Megascops-usta-1. Que gostoso para as criancas, semana para aprender tudo sobre as corujas!

Aqui somos do fa clube das corujas tambem, eh o tema do quarto de Julia! Max costumava ama-las, quando era mais novo havia uma coruja que ficava na arvore pertinho da janela do seu quarto e fazia U-u-u a noite toda. Ele sonhava com a coruja comendo o queijo dele e outras coisas mais. Ela era bem clarinha e nao tinha orelhas. Certo dia Max resolveu ter medo dos piados (hoot?) das corujas, mas foi fase e passou.

Se divirtam com as duas ai, que eu lembre elas ficam por um bom tempo! Espero que ninguem as assuste, principalmente se rolar filhotes.

Beijocas!

Daniela disse...

Adoro corujas, acho lindonas mesmo. Outro dia minha mãe encontrou uma anel com a carinha de uma coruja e qdo vi fiquei tão louca que ela acabou me dando de presente...rs. Na minha janela ainda não veio morar nenhuma. Mas é que eu moro em apartamento, e a gente sabe que corujas não voam assim tão alto! Beijocas lindona!

Grazi disse...

Super legal essa aventura de vocês com a corujinha, mas vamos falar a verdade, pensei que elas fossem mais bonitinhas ... a segunda foto me deu medo, parece um monstrinho tirado de filmes como O Senhor dos Anéis kkk

Rita disse...

Oi, meninas,

fiquei tão feliz com minhas visitas ilustres. :-)

E, Grazi, eu estou falando a verdade, acho lindas mesmo. :-)

Beijocas,
Rita

caso.me.esqueçam disse...

hahahaha que bonitinha a sequencia de fotos. fiquei preocupada por nao ter vistos as ditas nas primeiras. "nossa, tou chega". mas, neh...

Lí disse...

So sweet... Também não vi nada nas primeiras fotos, parecia umas coisas de "gato" que andaram rolando pelo facebook. Mas coruja é muuuuito mais legal, né? ;)
BJO. Saudades!

Deh disse...

Aaain adoro corujas também!! Eu até me parecia com uma corujinha lá pelos 5 anos, cabelinhos tigelinha e óculos grandões no rosto! Alê gosta muito também, mas na verdade tem interesse profundo por tudo quanto é bicho real e imaginário.

Sensacional ter inquilinas/vizinhas tão interessantes! :)

Beijo!

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }