Grande


Você se afasta e mergulha porque é preciso olhar nos olhos do mar. E os olhos do mar ficam lá no fundo, onde o mundo é longe e o som é outro. Você mergulha para ver outras coisas que a superfície não tem. E quando você desce minha superfície fica em suspenso. Olho e procuro pelo momento em que a água vai se mexer e me trazer sua cabeça molhada de volta. Enquanto isso, o mundo aqui em cima tem ventos que mudam e me fazem perceber mais uma vez as imensidões, as miudezas e minha própria capacidade de esperar. Porque eu sei que te esperaria a vida inteira.

***

Mas não gosto de saber que o barco só vai voltar à noite.

0 comentários:

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }