Eu não ajudo o Bob Esponja


Hoje, enquanto esperava o elevador, vi uma colega de trabalho soltando uma sonora gargalhada. Ela vinha pelo corredor conversando toda animada com outra colega que aparentemente narrava o fato mais hilário da semana. Entrei no elevador - enquanto ele descia pude ouvir mais risadas das duas no hall - e me vi pensando que há dias não dou uma risada genuinamente gostosa como aquela. Fiquei me perguntando se ando tensa demais, ansiosa demais, cheia de "demais".

Horas mais tarde, enquanto entrava no supermercado, falei com Ulisses sobre as risadas e minhas cismas. E perguntei se ele achava que eu estava tensa demais, etc. Ele falou um "será" interrogativo que não sei o que significa e fez cara de quem pensava no assunto. Continuei dizendo que, putz, eu queria uma gargalhada daquela, viu, tava tão boa e tal, e tudo bem, nem precisava ser hoje porque de ontem pra cá tudo deu mesmo uma caída, mas, pô, quando foi que ri daquele jeito mesmo, mimimi? E aí ele falou:

- Pô, mas também não é pra tanto e, a essas alturas, a menina já parou de rir e já deve ter tido uns três aborrecimentos...

E eu achei graça daquilo - porque veio à minha cabeça a imagem improvável das meninas gargalhando por três horas - e ri. E aí percebi que uma pessoa que estava saindo do supermercado, descendo na outra esteira paralela à nossa, estava me observando. Talvez aquela pessoa tenha saído do mercado com a impressão de ter visto alguém rindo porque o dia estava bem divertido. O velho caso do vizinho com a grama mais verde.

Mas ainda quero a gargalhada.

***

O creme dental infantil do Bob Esponja é mais caro. Daí pensei que só levaria se tivesse mesmo um teor menor de flúor blá blá blá. Mas não achei a informação na embalagem e peguei outra marca. E comentei com o Ulisses que não ia pagar mais caro só pra ter a cara do Bob Esponja enfeitando o banheiro do Arthur. Ele:

- Ah, mas tadinho, o dinheiro vai pro Bob Esponja, tão necessitado. O Senhor Siriguejo explora pra caramba, o Bob ganha supermal e os preços na Fenda do Biquini estão pela hora da morte...

Meu marido.

9 comentários:

Angela disse...

Adoro a lucidez desse Ulisses.

Voce sem dar uma gargalhada boa ha um tempo nao esta nada tipico. E de gargalhar tu entendes e fazes bem.

Ai fala para o Ulisses nao esquentar, o Bob Esponga antes de ontem mesmo recebeu doacoes da nossa familia aqui. So compro a pasta dele, pois uma vez mudei para a da Dora e foi crianca cuspindo e enguiando para tudo quanto foi lado, devido a diferenca do sabor. Minha sorte eh que aqui eh tudo o mesmo preco.

Rogério disse...

Semana passada dei boas gargalhadas devido a um assunto bem sério: as trapalhadas de um gestor da empresa onde trabalho. Mas foi uma terapia e tanto.
Dê um desconto ao pobre Bob Esponja. Sou fã dele e do Patrick, meu filho e eu nos divertimos muito com a maioria dos episódios. Diz minha mulher que eu não tive infância; Id, meu advogado de defesa, sustenta que ela ainda não acabou.

Rita disse...

Pessoas, meu personagem favorito de todos os tempos ever ever é o Lula Molusco. Como não amar tanta rabugice?? Amooooo, adoro a cara trancada, a voz maravilhosa, hahaha. Episódio sem o Lula Molusco pra mim é meio episódio. Talvez eu até pagasse mais pelo creme dental... :-)

Beijos
Rita

Ana disse...

Hehehe! Dei risada com a frase do seu marido!
Meu filho tbem adora sponge bob. O sabonete dele no banheiro eh liquido em uma embalagem do sponge bob, mas re-encho ele com sabonete da marca mais barata! haha!
Bjs!
Ana

Caso me esqueçam disse...

"os preços na Fenda do Biquini estão pela hora da morte..." hahahahahaha vou usar essa expressao assim que puder, ela eh otima!

Lílian disse...

Tadinho do Bob Esponja... E QUE FOFO ESSE MEU IRMÃO (será que ouço alguns arrulhos - fixe, esse foi dureza - ao longe? Considerando, claro, que este seria o som emitido por uma coruja? Ah, se não for, nada não. Acho que todo mundo já entendeu!)...

Bjus, subaquáticos todos!

Rita disse...

Ana, sua picareta!! haahahaha Ri um monte. :-D

Luci, cheio de graça esse marido meu. :-)

Lilian, entendi. :-) Beijitos.

Rita

Anônimo disse...

Mensagem atrasada.... mas só para confirmar se as personagens do seu post são Ana Beatriz e Cínthia? heheheh
Já ri muito com elas, sem saber qual era a piada, mas só de ouví-las gargalhando!
Sara

Rita disse...

Sarinha, não, não eram elas! hahaha Eram outras duas figuras sorridentes!

beijocas
Rita

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }