Pode ser amanhã?


Sabe quando o livro que você está lendo chega naquele ponto em que você gostaria de matar o trabalho para ficar em casa lendo? Ou ler enquanto almoça? Ou tomar banho mais rapidinho para voltar correndo pra cama ou pro sofá e se agarrar com ele de novo?

E aí o marido chama para ver aquele filme que você quer ver já há um tempão?

Sabe?

Pois é, hoje não tem post.

(Mas vocês bem que poderiam aproveitar a deixa e me dizer qual o livro que vocês leram assim, sem querer saber de mais nada. Ou quase nada.)


13 comentários:

Tina Lopes disse...

Servidão Humana, dear.

satya disse...

Adeus China.
As Brumas de Avalon. (clichezão, eu sei)

Borboletas nos Olhos disse...

Virge, tantos, minhanossasenhoradashorasdeleitura...
mas nos últimostempos fiquei muito impressionada com a Menina Morta de Cornélio Penna.

Angela disse...

Tiveram muitos mas nao sei por que o velho e o mar ficou na memoria, li todo em um sabado do comeco da minha adolescencia.

Bau disse...

O Ladrão de Cadáveres, da Patrícia Melo. Genial. Beijossssssss

disse...

Meu ultimo assim foi a trilogia do Millenium!

Anônimo disse...

Oi Rita!
Adoro quando isso acontece com um livro, e fico assim querendo acabar logo e ao mesmo tempo querendo não acabar, alguns dão até até saudades...
Os últimos que eu amei foram o 2666 do Bolaño (quase 900 páginas, fantástico, mas bem pesado)
E o Complexo de Portnoy do Philip Roth, que é tão sofisticado quanto hilário.
Bjs da leitora que adora seus textos, nunca comenta e está tentando sair do armário:)
Leah

Patricia Scarpin disse...

Ah, se sei. Ontem vim trabalhar com o coração apertado - tinha uma caixona da Amazon cheia de livros me esperando em casa. :)

Gabi disse...

Rita,
São tantos em fases diferentes da vida, na infância Meu pé de laranja lima, na adolescencia Capitães da areia, na juventude não consigo me lembrar - será que não li nada que me empolgasse, ou será que não li nada mesmo - na fase adulta descobri a Jane Austen, todos os poucos não dá pra parar de ler, mas,sobretudo Persuasão..ah, tem também as bobagens a Maryan Keys e a triologia Milenium..

Fabi disse...

"Gigantes no coração". ; )

Rita disse...

Gente, dicas anotadas!
Juro que volto aqui mais tarde para papear com os comentários. Vou lá ver outro filme. o/

Bj!
Rita

(Anginha, aguarde e-mail!)

Liliane disse...

Rita do céu,
como sinto falta de poder me pegar com o livro e só largar quando terminar... Fiz tanto e agora faz tanto tempo que não faço saudade disso!
BR163 Tony Belotto. E quase todos Harry Potter, muitos Milan Kundera outros tantos Garcia Marquez! Depois conta qual é esse seu...
bjos

Rita disse...

Ois, de novo.

Tina, Nunca li Servidão Humana. Ainda há tempo.

Satya, As Brumas podem ser o clichê que for. Adoro também. Não li Adeus China, mas anotei a dica.

Borboleta, A Menina Morta está na minha lista desde o seu lindo post sobre o livro. Bj.

Anginha, O Velho e o Mar é a tua cara, porque sei que você adora. :-)

Bau, que saudades!!! Tudo bem? O Ladrão de Cadáveres: anotado.

Dé, tanta gente fala dessa tal trilogia que estou começando a ficar curiosa. :-)

Leah, saia do armário, yes! Que bom saber que você anda por aqui, fique à vontade. Também fico com saudades dos livros e leio as últimas páginas bem devagar. Não li os que você mencionou, mas botei na minha lista. Beijoca.

Patricia, que difícil, ne´.. mas o final de semana tá aí. :-)

Gabi, olá! Meu Pé de Laranja Lima era famoso lá em casa, meu irmão adorava e acabou de dar um exemplar para meu filhote. Foi engraçado você falar de Capitães da Areia, porque falei dele no outro post, de ontem. Conheci Jane Austen na faculdade, com Orgulho e Preconceito. Já a M. Keyes (que também mencionei no post, que sintonia, hein!)... não gostei mesmo. Acho que nunca vou repetir a dose. :-) Mas entendo que ela seja milionária e venda como quem vende bananas: os livros são leves, de leitura rápida e bem relax, né. Nada contra, adoro um Dan Brown. Mas não curti a Keyes, não. Bj.

Fabi, anotei!

Liliane, meu marido leu todos os HP em dois meses... nunca li nenhum. Marquez dispensa comentários; li Kundera, mas talvez fosse nova demais. Nunca li nada do Belotto. Beijocas.

Noooossa, gente, quanta dica. Êba, thanks!

Bj
Rita

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }