Dois meses


- Alô?
- Oi, minha filha, sou eu.
- E eu num sei... :-) Tudo bem?
- Tudo.
- Alguma novidade por aí?
- Não, a gente já se falou ontem, né? Liguei só pra ouvir tua voz!
- Bonitinha...

***

Saudade é um penhasco.


5 comentários:

Danielle Martins disse...

Saudade é dor do que foi muito bom!!! Orgulhe-se disso!
Beijos!

caso me esquecam disse...

(tenho odiado a internet esses ultimos dias, mas passei por aqui e, ao ler os posts passados, esta claro que esse eh, oficialmente, o blog que faz luci chorar). tsc, rita!

Rita disse...

Danielle, muito obrigada, viu? Orgulho-me muito, sim. Bj.

Luci, isso não é justo. O seu blog é o lugar na rede que mais me provoca risadas. Vou providenciar posts sobre papagaios urgentemente. E estou torcendo para que você se saia muito bem em suas mil tarefas de estudante por aí. Saudades,

Rita

Patricia Scarpin disse...

Rita, querida, lembra daquele nosso papo (post aqui, post lá no TK) sobre inveja boa, alegria alheia, etc.?
Pois bem - eu sinto isso destes teus sentimentos. Queria poder sentir saudade do meu pai desse jeito. Já a que sinto da minha mãe parece ser igualzinha.

xx

Rita disse...

Pati, lembro, claro. Ai, guria, não sei o que dizer. :-( [...]

To be continued.

Bj.
Rita

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }