Cabelos e sonhos

Hoje levamos as crianças ao cinema para ver Enrolados (Tangled), a saga da libertação de Rapunzel. Que coisa mais bonitinha. Saí do cinema encantada com tanta beleza, além de ter gostado de ver uma Rapunzel forte e cheia de poderes. O Arthur e eu quase conseguimos pegar uma lanterna com as mãos... quem viu sabe do que estou falando - houve muitos "ooh!" e "aahh!" na sala de cinema. Lindo, corram pra ver (eu precisei fazer um esforço enorme para ignorar o fato de que a voz do Flynn Rider era do Luciano Huck, mas valeu a pena).

***

Sonhei que encontrava uma amiga que não vejo há muito tempo. No sonho, contei a ela que mamãe foi embora. Ela ficou chocadíssima. E mais nada. Chego a sonhar que estou falando dela, mas ela ainda não apareceu.

10 comentários:

Borboletas nos Olhos disse...

Rita, estou doidinha pra ver a Rapunzel (só não engoli bem porque não colocaram esse nome no filme e não o tal Enrolados...mas, deixa pra lá). Adoro animação, desenho, não sei o termo correto. Até hoje canto as músicas da Pequena Sereia.
Quanto ao seu comentário aí embaixo, baby, eu realmente gosto muito de você. Torçamos pelo café com bolo, apenas. Beijos e boa noite de sono. Se o sonho vier, que seja repousante.

Angela disse...

Ela vira, querida. Nos falamos. Um beijo.

Anônimo disse...

Rita

Sinto muito pela sua perda. Há cerca de 2 meses perdi num acidente ridículo e brutal meu priminho de 12 anos. Primo dileto, q troquei fraldas, me encantei com as primeiras descobertas, etc. Me angustiei dia a dia até conseguir sonhar com ele. O sonho veio e apascentou...vou ficar na torcida aqui para q vc consiga o mesmo.
Não é fácil enfrentar perdas profundas, mas é possível tentar...dia a dia.

Força e fé pra ti!

Juliana Paiva

Liliane Gusmao disse...

Estou aqui na torcida por voce! É facil para mim dizer: não se avexe que o sonho virá mas, entendo sua angustia...
força! beijos

Marcia disse...

Querida Rita!
Envio todo o meu carinho para voce.
Nao se cobre nada, simplesmente sinta e sonhe, acordada mesmo ta valendo.
Amor,
Marcia

Fabi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fabi disse...

Você vai sonhar com ela. Tenho certeza. Não pergunte como, mas tenho.

Luciane Curitiba disse...

Rita querida, bom dia! Como disseram nos comentários anteriores: não se angustie...ela virá, quando vc menos esperar. Sabe, o mágico da vida é que até mesmo os momentos tristes acabam nos ensinando algo. Acompanhando e sentindo sua perda aprendi que preciso valorizar mais meus pais que ainda estão aqui pertinho. Eles estão viajando e os receberei com um almoço especial no domingo. Preciso te agradecer por mais isso, por me lembrar que a vida é realmente efêmera e que desfrutar dos bons momentos é o que ficará guardado quando não estivermos mais por aqui. Um grande abraço!!

Jux disse...

mais um abraço apertado para você, querida Ritinha, direto das terras cobertas de neve... mas cheio de calor de um coração que gostaria muito de abraçar você de verdade... desejando chá de camomila nas noites suas, que aquele sorriso sereno e terno virá, em meio às brumas... e estenderá a mão... e assim a paz doce virá em flor...

Rita disse...

Olá, vocês.

Luciana, you got mail, já viu?

Anginha, vou te ligar amanhã. Ou hoje, veremos. Bj.

Juliana Paiva, sinto muito por seu primo, não consigo nem imaginar o furacão que isso causou em sua família... Que bom que sonhou com ele, adorei saber que fez diferença. Estou tentando controlar a ansiedade que pode até bloquear meus sonhos... vai saber, né? Obrigada por compartilhar, mesmo. Bj!

Liliane, muito obrigada pelo carinho, querida, obrigada demais. Beijo pra você.

Marcinha, muito obrigada. Quando você chega, menina? Beijinho.

Fabi, obrigada pela torcida. Vou sonhar, sim, não é possível, né... Bj.

Luciane, preste atenção: você não faz ideia do quanto seu comentário me tocou. Eu já tinha me emocionado com você antes, com todo seu carinho. Mas o que você escreveu aqui sobre seus pais me fez chorar e sentir que esse blog valeu a pena. Não me agradeça, querida. Abrace seus pais e mande a eles meu abraço. A você, meu carinho de amiga. Beijo.

Jux, por onde anda você, querida? Que tanta neve é essa? Obrigada pelos abraços em palavras. Torce aí, quero muito esse sonho. Beijo.

Gente, obrigada por tudo. Hoje, ontem, nas últimas semanas. Todos vocês que comentaram aqui e nos outros posts, todos que me mandam uma palavra de conforto. Faz diferença, sim. Valorizo muito, muito, muito. Abraços,

Rita

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }