Hoje não tem post...

...porque fiquei lendo um monte de coisa e depois as ideias sumiram.

Mas eu achei uma graça esse vídeo.

Eu fiquei com certo receio disso daqui, porque, né, o nível anda daquele jeito.

E acho uma graça (#not) a Folha se empenhar tanto para ter acesso aos registros da ditadura sobre a Dilma. Quer dizer, a Folha quer convencer você a não votar na Dilma a partir do que os ditadores do golpe de 64 e do supergolpe de 68 disseram dela. Ela, que os enfrentava. Que eles torturavam. Que os desafiava. Que eles humilhavam. Quer dizer, é um baita dum jornal, né não? Nossa, acho que vou até fazer uma assinatura.  (Li um ótimo texto sobre isso hoje, em algum lugar, mas não encontrei o link para vocês agora. Se achar, ponho aqui mais tarde.)



10 comentários:

Borboletas nos Olhos disse...

Também achei uma graça o vídeo (sou fã do rapaz faz tempo) e já tratei de disseminar na rede. Quanto a esta suposta tentativa de barraco, já estou bem cabreira mesmo. Mas torcendo que não aconteça nada de nada e estejamos procurando chifre na cabeça de cavalo.

Quanto ao resto, só posso concordar e desejar que você ache o link.

E deixar beijos que o comentário já está quase maior que o não-post, né?

Jux disse...

sensacional esse vídeo do Zé...
e... putz! grilei com essa teoria da conspiração. Pode ser bobagem, pode. Mas faltam 6 dias pras eleições e decerteza que eles vão inventar algum tiro de misericórdia. Em se tratando de reaças, eles fariam isso sim, custe o que custar. Meda.

Beijukka

larissa disse...

Não assisti o vídeo ainda, mas falando da ditadura lembrei desse vídeo http://www.youtube.com/watch?v=eYKBoiPZoCM
É bem legal também, gosto muito do Pablo Villaça, ele fala de cinema e de política de um jeito leve.
Esse vídeo em especial é muito bom e toca em pontos delicados como a ditadura, a visão dos jovens sobre esse momento e é claro o papel da Dilma e de tantos outros na construção do país que temos hoje.

Rita disse...

Larissa, ótimo vídeo, obrigada! Vou divulgar, gostei muito. Nenhuma novidade para alguns, mas um mundo desconhecido para muitos... Boa dica.

Beijos
Rita

Caso me esqueçam disse...

olha, voce se pautar em cima do que diziam os generais da ditadura... hehehehe sei nao, viu... eh uma piada gran-de.

e hoje nao tem comentario...

Palavras Vagabundas disse...

Rita,
como sempre a Folha é Falha!
abs
Jussara

Sara disse...

Oi, Ritinha,
Leu no seu amigo Nicolelis no viomundo hj?
Belo texto.
Bjk

Rita disse...

Ois, vocês!

Luciana, nem achei o link, cê viu, né. Shame on me. Mas não é culpa minha, vai. Todo dia o povo publica dez mil textos bons. Aff. Bj!

Jux, eu, bem sinceramente honestamente gentilmente, também estou achando demais da conta. Mas, né, a Chauí... sei lá. Divulguei. Seguro morreu de velho mesmo, né? Vumbora. Se não for, não foi. E eu torço muito que nós todos estejamos ridicularmente histéricos. Porque ninguém merece. Bj.

Larissa, fiquei TÃO feliz com teu comentário. ;-) Né? Então. Vi o vídeo, gostei, apesar de achar que ele poderia falar um pouquinho mais rápido - mas é porque eu tava com sono. O conteúdo é excelente. Linkei de novo no post de hoje. Valeu!

Luci, não é? E parece que vai rolar mesmo, vê o link no post de hoje. Bj.

Jussara, oi! É, não é fácil. Bj!

Sara, vi não! Vou correndo ve agora, obrigada! Ai, adorei, "seu amigo", o Nico. HAHAHAHA. Beijão!!

Fui, pessoas.
Rita

Angela disse...

Confesso que li esse post ontem e decidi nao comentar por que ia sair mais um post, nao um comentario, e tao indignado. Passei batido e fui esfriar a cuca.

Rita disse...

Só, imagino, Ângela. Vários jornalistas já se manifestaram por aí perguntando à Folha onde O JORNAL estava em 1964 e nos anos seguintes... e dizendo o óbvio, que não se pede a um nazista opinião sobre um judeu e coisas do tipo. Bj.
Rita

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }