Wings



Eu gosto da ideia de anjos, sempre gostei. Não estou falando de fé, sugerindo crenças, nada disso. Falo sobre anjos como uma figura imaginária de que gosto, assim como gosto da lenda do Rei Arthur ou, sei lá, das ninfas que habitam florestas encantadas na mitologia grega. Gosto de anjos. Anjos observam, protegem, iluminam. São silenciosos, serenos e evitam que as crianças batam a cabeça contra a parede - bem, pelo menos tentam. Então anjos estão no topo da minha preferência no quesito coisinhas fofas que eu gostaria que de fato existissem. 

E aí há aqueles momentos em que eles tomam forma de gente, cruzam nosso caminho e me convencem para sempre de que a Terra está, ainda, povoada por esses pontinhos de luz. Às vezes é uma enfermeira paciente e doce que consegue nos passar segurança em momentos de pura aflição. Ou um tio que é como um pai e nos oferece suporte inestimável em momentos quase sem rumo. Em outras, anjo tem nome de flor e me deixa em dívida para sempre. São muitos, eles estão por toda parte e é só a necessidade surgir para que as asinhas brotem.    

Uma coisa, viu? Ó! Não falei? Acabei de receber o telefonema de um, ouço daqui o bater das asinhas... Palavra, eles existem. Estou cercada por eles.

7 comentários:

Angela disse...

Nao eh mesmo uma sensacao boa, nessas horas, a de que somos um pacotinho sendo manuseiado em meio a uma tesmpestade com extremo cuidado e zelo, de maos e maos, em direcao ao bom tempo? Que os anjos continuem a se amontoar ao seu redor, e ao de D. Bernadete.
Ah hoje falei ao telefone tambem com dois anjinhos, estavam brincando de assustar o papai. Beijao!

Borboletas nos Olhos disse...

Que muitos e fofos anjinhos lhe dêem colo, conforto, alegria, companhia e todas as coisas e sensações simples e inestimáveis. Anjos existem, claro. Muitas vezes suas asas são palavras, eu mesma de vez em quando recebo uma peninha lá na caixa de mensagens. Bjs

Caso me esqueçam disse...

dona rita, nao eh todo mundo que pode dizer que esta cercada de anjos, viu? definitivamente, coisa boa atrai coisa boa. viu? ;)

ja voltou da PB?

Caso me esqueçam disse...

ah, e soh por pura curiosidade: tua mae mora em que bairro?

disse...

Olá, Rita.

Ah a internet!..estava a pouco a pesquisar marcas de tampão para os olhos (para meu filho, pq ja esta a usar a mesma marca a muitos anos e quero mudar) e no google lá apareceu seu blog e entrei.
Acabei por ler..vááários posts até a actualidade. Muito legal. Já vai ficar nos favoritos!
Até logo.

Denise

Tata disse...

eles estão por aí, sim. protegem todos aqueles que merecem. você merece, flor. muito.
beijo

Rita disse...

Oi, pessoas boas de torcida!

Anginha, certamente, não há nada melhor do que a sensacão de que "o mundo está cheio de amigos"(Walter Salles). Pessoas de luz que tornam qualquer subida menos difícil - é o que desejo a todos. Bj!

Luciana, obrigada. Sinto-me assim, protegida. Bem diferente da solidão absurda que tomou conta de mim há alguns dias. Ai, alívio...

Oi, Luci, obrigada, docinha. Minha mãe mora em Esperança, na verdade. O hospital onde ela está fica em Campina Grande. :-)

Oi, Denise! Fico tão feliz quando alguém chega aqui através do post sobre o tampão. O tratamento do Arthur foi complicado no início, mas tão eficaz, que adoro dividir a história com vocês. Acho um incentivo sem tamanho para quem precisa encarar o tampão. Seja bem vinda, fique à vontade!

Tata, obrigada, querida. E as coisas por aqui só melhoram... beijo grande pra você.

Valeu, seus anjinhos!
Bj!
Rita

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }