Mistério


Andar de mãos dadas com quem amamos é algo curioso. Porque já somos adultos, então não precisamos mais de ajuda para atravessar a rua. E dificilmente nos perderemos nos corredores do supermercado ou do shopping. E não deixamos de estar juntos se simplesmente caminharmos lado a lado, gesticulando, mãos livres. E às vezes temos bolsas e carteira e papéis e chaves e celular e fica dificil, mas a gente dá um jeito - como se fosse uma necessidade. Curioso.

Será que é para entrelaçar mais ainda? Eu topo.


8 comentários:

Luciana Håland disse...

Ih, já eu não gosto de andar de mãos dadas, ainda bem que meu marido também.

Beijo

Caso me esqueçam disse...

eh, eh uma delicia. eh tao simples! por isso me compadeço da dor daqueles que nao podem fazer isso pelo risco apanharem em praca publica ;)

simplesmentemonalisa disse...

Relamente esses gestos são curiosos, há quem ache isso démodé, eu sou romântica fazer o quê?

Borboletas nos Olhos disse...

Eu pensei logo nisso:

É a sua vida que eu quero bordar na minha
Como se eu fosse o pano e você fosse a linha
E a agulha do real nas mãos da fantasia
Fosse bordando ponto-a-ponto nosso dia-a-dia
(http://www.youtube.com/watch?v=MwOhu8VE8zs)

Adoro andar de mãos dadas, de ter o olhar perdido no olhar do outro, de falar a mesma coisa ao mesmo tempo...

Tina Lopes disse...

Até quando é automático, é legal. E quando não acontece, eu saio tonta, perdida, desgarrada.

Rita disse...

Oi,Luciana. Tudo bem. Tá valendo. :-) Bjinho.

Luci, adorei seu comentário. Muito bem colocado. É tão fácil esquecermos da enorme quantidade de casais que simplesmente não podem caminhar por aí de mãos dadas, porque tem gente que acha que pode definir as regras do coração alheio. Bj.

Monalisa, nem sei se sou o que chamam de romântica. Mas adoro andar de mãos dadas também. Bj.

Borboleta inspirada, sempre com os dois pés na poesia. Bonitinha.

Tina, não é? Existe a dependência boa, ne? Precisamos de outra palavrinha para essa "dependência". Just in case. Bj!

Beijocas.

Angela disse...

Eu acho intrigante, pois nao gosto. Da logo uma vontade de sacolejar. :\

Luciana Håland disse...

Menina, é que eu acho estranho, quando vou ao Brasil minha mãe diz que eu tenho que andar de mãos dadas com meu marido, kkkkk
E já Angela quer logo sacolejar, kkkk

Beijo

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }