Quiet


Sou tagarela. Tenho a mania feia de falar sem parar, opinar, discordar, concordar, tudo com falação, palavras, palavras. Sabe aquela imagem em que as palavras que a gente fala ficam por aí, ao vento? Se eu pudesse recuperar todas que já soltei certamente tomaria um susto diante de tanta ladainha sem propósito. Eu poderia falar menos, não me faria mal algum. Mas não sei de onde vem, é mais forte que eu, começa o papo, lá estou eu no meio, num bla bla bla sem fim. E aí, claro, cedo ou tarde ultrapasso a linha, vou além de onde devia e já me vejo combinando e me empolgando, ressaltando, repetindo, divergindo, ai. Poderia falar menos, poderia, sim.

Então a laringite parece uma mãozinha da minha consciência afagando minha cabeça e dizendo calma, menos. E fico assim, observando as conversas e percebendo o quanto se fala nesse mundo, meu Deus. Que barulho é esse? Fora a dor e a sensação de que minha garganta está em carne viva, a infecção tem seu lado bom: olha só, que legal, minha boca fechada, meus ouvidos atentos, meus amigos em paz. Não vou reclamar dessa vez (até porque nem consigo), vou aproveitar para ouvir mais e exercitar o hábito de manter os lábios juntos.

Acho que meu filho está gostando um pouco e isso deveria funcionar como um sinal, será? Pois ontem à noite, subindo com os pés descalços a escada de granito gelado em noite de 13 graus, olhou para trás, encarou meu olhar de reprovação e soltou: você não pode fala-ar! Em seu rostinho havia um ar satisfeito, eu vi, eu vi, sim! Deixa ele. Quando eu recuperar a voz, ele vai ver. Quer dizer... vou falar só um pouquinho.

8 comentários:

Borboletas nos Olhos disse...

Eu também tomei água de chocalho na infância. Também estou com a garganta fechada...estou com a pastilha Benalet e você? rsrs. Será que é um sinal pra todas as badalantes faladeiras?

Daniela disse...

fica boazinha logo!

Caso me esqueçam disse...

anda com um bloquinho de notas: "ja pra cama-a" :D

Rita disse...

Luci,

hahahahhaa!!! Ótima ideia. E ele já sabe ler, então não tem erro! Valeu! Score!

Bj
Rita

Rita disse...

Borboleta, é um sacrifíico ficar calada, viu? Afe..
Rita

Rita disse...

Dani, obrigada!

(minha cabeça também não tá boa.. por que, meu deus, não respondi vocês três num comentário só???) Aff...

bj... de longe, pra não passar gripe.

Marina disse...

Amiga, prefiro vc falante.
A hora do café fica até sem graça com vc muda. Melhora logo :o)

Rita disse...

Oi, querida. Estou me cuidando. Não como o médico queria, 4 dias sem falar NADA. Impossível, ele não me conhece, ou nem se daria ao trabalho de fazer tal sugestão. Mas me esforço, amiga.

Volto já.
bj
Rita

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }