Take it easy



Hoje precisei pisar nos freios. Falar meia dúzia de "não posso, desculpa" e me permitir pegar leve. E estou bem feliz de ter percebido a tempo que o stress quase me atropelou.

Não é o caso de ter um piripaque, mas certamente eu estava sobrecarregada. Acúmulo de tarefas no trabalho mais os preparativos para a viagem da semana que vem estavam deixando meus miolos um pouco quentes demais. E não preciso ficar doente, não agora.

Então hoje dei bola para o desconforto e os evidentes sinais de cansaço e me permiti dizer "não". Só isso. Cancelei, deleguei, justifiquei, risquei da lista, adiei, pronto. Estou respirando melhor.

Afinal, amanhã é o sétimo dia, não é assim? Passem os chinelos, por favor.


4 comentários:

Pérola disse...

Auto-regulação. Melhor impossível.
Chinelinhos na mão, chá de cidereira e bolinho de cacau procê. Virtual por ora. Quem sabe um dia, né?!
Beijão e bom descanso!

Claudia Serey Guerrero disse...

Rita!! ta perto né? imagino a ansiedade!! mas é isso mesmo!! manter a serenidade, a gente se fala, beijinhos, Claudia

Livia Luzete disse...

Isso, Rita tem horas que tem que dizer NÃO.
Para a sanidade se manter em dia!
Beijo.

Rita disse...

Ai, Péééérola, que vontade! Quero meu chá e meu bolinho! Como faz pra entrar aqui e sair aí, na cozinha da sua casa??

Claudinha, sumida! Quase foi França, lembra? Tem nada não, canal da mancha nem é tão grande... anima?

Livia, oi! Não é? Posso não, essa semana num dá. Em junho, talvez.

:-P

Beijos, pessoas. Bom finde procês!!

Rita

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }