Pode ser daqui a pouco?



Sabe aqueles dias em que as horas se atropelam e você acha que não vai conseguir dar conta de tudo? E aí o dia acaba e, de fato, você vê que não deu conta de tudo? Que, longe disso, você deixou um monte de coisas penduradas para o dia seguinte? E você sabe que não vai rolar no dia seguinte, porque você já está comprometida com outros planos? Então.

Hoje meu telefone não parou de tocar, meu fax emperrou, a rede caiu, os e-mails não rolavam e eu precisava de um laptop que estava trancado na sala do chefe que está de férias. Mas eu não estava de férias e em determinado momento, num espaço de cerca de quarenta minutos, recebi chamados de três setores diferentes que precisavam, ou achavam que precisavam, de mim com urgência e, como assim, não pode ser agora? E aí o marido avisa que o negócio no banco não é assim tão simples e não tem passagem para o dia em que queríamos voltar da Inglaterra, paciência, voltamos dois dias antes, não há de ser nada e amanhã a gente vê o negócio do banco, e, pior de tudo, quando dei por mim o café já estava frio, damn it. E aí o moço do outro órgão comenta que essa já é a quinta tentativa de passar o fax, mas, moço, não é minha culpa, é que não estou na sala o tempo todo e a máquina tá doida, mas essa não é a sua sala?, é, mas estou em outros lugares também, tente esse número, já tentei, bla bla. Chegou?, sim, nossa, finalmente, obrigado, pode ser para amanhã? Não, amanhã não estou aqui, vai estar no outro setor? não, também não, mas..., não, sem mas, não estou aqui amanhã, então passe para outra pessoa, sim, vou tentar, vai conseguir?, vou tentar; é urgente; não se preocupe, moço, vou fazer o possível; você acha que vai dar? (1... 2... 3... 4...), espero que sim. (Não sei, meu, juro que não sei.) Respira, ooommm, sobe escada para economizar elevador e mexer as pernas e aí o colega tinha fumado no vão da escada e você chega lá no quarto andar morrendo e xingando baixinho. 

E aí as boas colegas te salvam. Ai, obrigada, gente. Até depois de amanhã.

0 comentários:

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }