Tudo tem limite




Arthur, 4, e Amanda, 2, brincam na sala com um joguinho de tabuleiro. Na cozinha, logo ali, arrumo a mesa para o café da noite:

- Nãããããoo!!! Mããêêêê, a Amanda pegou o bonequinho do jogo!!
- E daí, filho, que é que tem? Ela pode brincar também, deixa, uai.
- Não, mas eu tô usando!
- Conversa com ela.

 
Dois segundos depois:


- Mãããe, a Amanda pegou o dado!
- Ai, Arthur, con-ver-sa com ela e fala que é sua vez de jogar o dado. Com calma, é só explicar, ela já entende tudo.

 
Dois segundos depois:


- Mãããããeeee, a Amanda levou o tabuleiro!!

Aí danou-se. Já é demais, né, Amanda?


3 comentários:

Anônimo disse...

hihihi, Amanda pelo visto é, é, digamos, firme.
E ai, conseguiu o tabuleiro de volta Arthur? qual o final dessa história mamãe?
beijos, Ju

Nardele disse...

Oi Rita! Olha, fiz um post de apresentação dos blogs novos na seção de links, e falei do Estrada por lá. Beijão!

Rita disse...

Oi, meninas.

Ju, o final da história foi o de sempre: eu interrompi o que estava falando e fui lá resgatar o tabuleiro.

Nardele, vou lá ve agora! Thanks!

bjs,
rita

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }