"What's in a name?"


Ah, é assim? Vai fazer frio? Então tá.

Com a notícia de que as temperaturas iam despencar (mais) à noite, cada um tratou de se aquecer como podia. Desempacotamos os edredons, batemos o mofo dos casacos, ressuscitamos o velho par de pantufas e, acima de tudo, FIZEMOS CREME DE AIPIM! (eu sei, pessoal do Nordeste, é sopa de macaxeira, mas deixa eu falar creme de aipim, em respeito à boa catarinense Rejane que me passou a receita) Hummmm, gente do céu... corram, aproveitem o inverninho nosso de cada ano, comprem aipim/macaxeira/mandioca/whatever, e sigam a receitinha que vos passo aqui. Vão por mim, vocês não vão se arrepender. Se nevou lá na serra, nós não soubemos, porque estávamos ocupados demais enchendo a pança e não assistimos o noticiário. A receita abaixo rende bastante sopa, então pode convidar a sogra.

Ingredientes:

2 dentes de alho picados
½ cebola picada
azeite de oliva extra virgem
1 colher de margarina (update: manteiga, sempre)
1/3 de uma linguiça calabresa cortada em pequenos cubos
cerca de 1 kg de aipim/macaxeira/mandioca/qualquer outro nome que a dita cuja tenha em sua cidade
legumes de sua preferência, cortados em pedaços bem pequenos (batata, cenoura, couve-flor, brócolis, chuchu, etc.)
sal, pimenta e qualquer outro temperinho frescurinha que você aprecie

Mãos à obra:

Cozinhe o aipim e os legumes. Sendo de boa qualidade, o aipim deve ficar bem molinho, e você poderá retirar com facilidade aqueles “fiapinhos” indesejáveis. Aqui em Floripa, sugiro comprar o aipim orgânico e aqueles legumes já picadinhos para “sopão” que são encontrados naquele supermercado enorme que tem 78 filiais, sabe? Claro, nada impede que você pique seus legumes ou use o aipim que você mesma plantou. Faço a sugestão porque o pacote de aipim orgânico (1 kg) e o pacotinho de legumes picadinhos são a medida exata para 6 famintos friorentos se fartarem. E, além disso, o aipim orgânico se desmancha quando cozido (huuummmm).

Bem, bata o aipim no liquidificador com a preciosa água do cozimento, fazendo um creme grosso. Frite o alho e a cebola no azeite (dica da mãe do namorado da Rejane: frite BEM a cebola, quase deixando queimar um pouco), junte a calabresa e deixe que frite por cinco minutos. Acrescente o creme de aipim, a margarina (manteiga, pelamô), os legumes pré-cozidos e, se necessário, um pouco mais de água. Lembre-se: a consistência da sopa deve ser cremosa, não líquida, nada de colocar água demais. (Parênteses: se você, como a Rejane, prefere os legumes quase crus, crocantes, não precisa cozinhá-los de antemão. Mas se, como a trupe lá de casa, você prefere que eles se desmanchem em sua boca, panela de pressão neles.) Tempere com sal, um pouco de pimenta e as suas frescurinhas (eu acrescentei cebolinha – da nossa hortinha, oooohhh, que fofo) e deixe ferver, mexendo de vez em quando para o creme não pegar no fundo da panela.

Sirva com pãezinhos ou queijo e, se a previsão do tempo anunciar que vai gear, um bom vinho.

O bom é que, além de deliciosa e muito nutritiva, a danada da sopa ainda é linda, como vocês podem conferir. O moço que é casado comigo acrescentou pimenta malagueta no prato dele e, como bom mineirinho, uma boa dose de queijo ralado. Tomou 4 pratos (oops, não podia contar?!). O gatinho, que já tinha jantado na escola, tomou um prato que ele encheu de pãozinho picado, “lambrecando” bem. A gatinha, que também já tinha jantado, comeu valiosos pedacinhos de cenoura e mastigou muito bem os cubinhos de calabresa com aqueles dentinhos todos que já habitam a sua boquinha. Eu, como sou uma lady, só tomei dois pratos (cof cof). A boa alma que passa o dia paparicando minha gatinha, também apreciou a boa pedida.
E a nossa noite ficou bem quentinha.

9 comentários:

Nina disse...

Que foto deliciosa, vou comprar o aipim! rsss
Eu,apesar de suspeita para o caso, recomendo.
Bjss

ulisses disse...

Oppppaaa, vi na previsão do tempo que hoje à noite vai esfriar de novo (com direio a geada tbm), nham nham nham...

Angela disse...

Deu agua na boca a receita, e as fotos. E tenho certeza que se seguisse sairia linda e deliciosa como voce falou (se nao pegasse fogo...). O UNICO problema que tive eh que nao consegui achar o aipim, macaxeira, ou cassava como chamam aqui na minha cidade. Ah tambem nao tem muda para plantar e a horta continua interditada, assim como o galinheiro (planejo reanima-los daqui ha uns 8-10 anos), e o frio foi embora. Mas se nao fosse isso, tenho certeza que teria ficado muito saborosa, e linda que nem a sua... Se nao pegasse fogo... ;)

Rita disse...

Anginha! Que alegria te ver por aqui! E agora que perdi o medo do fogão, quero a receita daquelas pancakes que vosso excelentíssimo fez pra nós aí em Erie. Bjs!

Marcia disse...

Fiquei com agua na boca...
E saudades do aconchego do seu lar.
Beijo na sua familia linda!

Anônimo disse...

Fiz a sopa, quer dizer a minha "secretária" fez, ficou divina!!! Acho que é o mesmo princípio do caldo verde, só que esse é com batata e vai couve mineira, tb é maravilhoso... Carol

Anônimo disse...

Vou tentar fazê-la amanhã no feriado. Espero encontrar uma boa macaxeira, aipim aqui na Bahia.
Ah, como assim: "Se nao pegasse fogo..."???
Ju

Claudia Serey Guerrero disse...

No Carrefour encontro "Manioc du Brésil"... o problema é que eu não sei escolher, nunca soube :( sera que posso confiar na seleção do Carrefour? alguém teria uma dica? de qualquer forma acho que vou esperar o inverno... aqui ta um calorzao de 32 graus...:) mas que ta apetitosa ta! Claudia

Anônimo disse...

Pessoal, pessoal, ontem criei coragem e fiz O CREME DE AIPIM DO BLOG DA MINHA AMIGA RITA (aqui em Salvador também é aipim). Seguinte, meu esposo esta resfriado, dai perguntei se ele queria uma sopinha "sim, adoraria." Ainda estava no trabalho, pensei logo no CREME DA RITA, entrei rapidinho naestradaanil e vasculhei onde danado tava a receita do creme, enfim encontrei. Imprimi, claro, pois como minha professora de culinária e amiga Rita, preciso de tudo nos minimos detalhes. Rita, faltou qual pimenta colocar! (hehe).
Menina, jantamos eu, meu resfriado esposo e um amigo, adoramos o CREME. Meu esposo falou que agora vai resfriar pelo menos uma vez por semana. Pode?
Rita, quero mais receitas!!!
beijos,
Ju

 
©A Estrada Anil - Todos os direitos reservados. Layout por { float: left; }